Análise dos critérios de compra de sêmen bovino pelos órgãos públicos do Oeste Catarinense.

Viviane Broch, Diego de Córdova Cucco, Rogério Ferreira, Vagner Miranda Portes, André Thaler Neto

Resumo


Resumo: Muitos municípios do Oeste Catarinense possuem programas de inseminação artificial com o intuito de melhorar
seus rebanhos leiteiros. Este trabalho teve como objetivo analisar os critérios estabelecidos pelos órgãos públicos para
aquisição de sêmen de bovinos leiteiros. Analisaram-se 23 editais de compra de sêmen de municípios das microrregiões de Chapecó, Concórdia e Xanxerê, entre outros do Oeste de Santa Catarina. Encontraram-se critérios como confiabilidade, PTA para produção de leite, gordura, proteína, contagem de células somáticas, características morfológicas (tipo, composto de úbere, composto de pernas e pés, entre outras), controle de genealogia. Concluiu-se que alguns critérios poderiam ser mais bem direcionados a fim de promover o melhoramento genético.

Abstract: Many counties in the western region of Santa Catarina State have artificial insemination (AI) programs. The aim of this study was to analyze what are the criteria to purchase dairy cattle semen by public agencies. Announcements of 23 counties were analyzed in Western Santa Catarina, mainly in the microregions of Chapecó, Concordia and Xanxerê. Criteria as reliability, PTA for milk production, fat, protein, somatic cell count and morphological traits (such as type, udder comp, feet and legs, among others), genealogy control and other traits were found. It was concluded that some criteria could be better targeted in order to promote genetic gain. 


Palavras-chave


Inseminação artificial; melhoramento genético; seleção.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, R. Raça Holandesa: pontos fortes, limitações de hoje e oportunidades no futuro. MilkPoint, São Paulo, 2007. Disponível em . Acesso em: 5 abr. 2014.

ARAGON, C. Melhoramento genético em gado leiteiro. 2008. 40f. Dissertação (Especialização em Bovinocultura Leiteira: Manejo, Mercado e Tecnologias) – Universidade Federal de Lavras/Faepe, Lavras, MG, 2008.

CEPA, Centro de Socioeconômica e planejamento agrícola (Org.). Síntese anual da agricultura em Santa Catarina 2013-2014. Florianópolis:

Epagri/Cepa, 2014. 214p. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2015.

ESTEVES, A.M.; BERGMANN, J.A.G.; DURÃES, M.C. et al. Correlações genéticas e fenotípicas de tipo e produção de leite em bovinos da raça Holandesa. Arq. Bras. de Med. Vet. e Zoot., v.56, n.4, p.529-535, 2004.

HANSEN, L.B.; COLE, J.B.; MARX, G.D. et al. Productive life and reasons for disposal of Holstein cows selected for large versus small body size. J. Dairy Sci., v.82, p.795-801. 1999.

KINGHORN, B.; WERF, J.V.D.; RYAN, M. Melhoramento animal: Uso de novas tecnologias. 2.ed., Piracicaba: Fealq, 531p. 2006.

RESENDE, M.D.V.; PEREZ, J.R.H.R. Melhoramento animal: predição dos valores genéticos pelo modelo animal-BLUP em bovinos de leite, bovinos de corte, ovinos e suínos. Arch. Vet. Scienc, v.4, n.1, pag.17-29, 1999.

SILVA, D.F.F.; ALMEIDA, R. Principais causas de descarte e morte em vacas leiteiras na região de Arapoti, Paraná. UFPR, 2008.

Disponível em:. Acesso em: 23 maio 2013.

SOARES, M.P.; GAYA, L.G.; LORENTZ, L.H.; BATISTEL, F.; ROVADOSCKI, G.A.; TICIANI, E.; ZABOT, V.; DI DOMENICO, Q.; MADUREIRA, A.P.; PÉRTILE, S.F. Relationship between the magnitude of the inbreeding coefficient and milk traits in Holstein and Jersey dairy bull semen used in Brazil. Genetics and Molecular Research, v.10, n.3, p.1942-1947, 2011.

THALER NETO, A. Melhoramento genético aplicado à produção de leite. In: SIMPÓSIO DE BOVINOCULTURA DE LEITE, 2., 2006, Chapecó. Anais... Núcleo Oeste de Médicos-Veterinários, Chapecó, 2006. p.143-161.

WINCK, C.A.; THALER NETO, A. Perfil das propriedades leiteiras de Santa Catarina em relação à Instrução Normativa 51. Rev. Bras. de Saúde e Prod. Animal, Salvador, v.13, p.296-305, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Agropecuária Catarinense



REVISTA AGROPECUÁRIA CATARINENSE (RAC) 

       ISSN 2525-6076 on-line
       ISSN 0103-0779 impresso
        

Epagri / Departamento Estadual de Marketing e Comunicação (DEMC)

Editoria Técnica
Fone: (48)3665-5449