https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/nt/issue/feed Nota Técnica 2023-10-09T17:17:21-03:00 Editoria Técnica Epagri editoriarac@epagri.sc.gov.br Open Journal Systems <p>A <strong>Nota técnica</strong> é uma publicação de periodicidade irregular da Epagri que tem como objetivo de divulgar as informações técnicas importantes e emergenciais para produtores e técnicos tomarem decisões imediatas que sejam de interesse para a proteção ou o desenvolvimento do setor rural ou pesqueiro do Estado de Santa Catarina. O público alvo é formado por técnicos dos escritórios municipais de assistência técnica e extensão rural, de cooperativas, de empresas agrícolas, de unidades de pesquisa, de sindicatos rurais; lideranças, empresários rurais e pesqueiros; professores, estudantes de graduação e pós-graduação e profissionais de ciências agrárias e correlatas.</p> <p>Para acessar a lista completa de Notas técnicas disponíveis em meio digital clique na opção <strong>Anteriores</strong> do Menu principal no topo do portal Nota técnica.</p> <p> </p> https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/nt/article/view/1763 Cigarrinha-africana Leptodelphax maculigera Stål, 1859 (Hemiptera: Delphacidae) em Santa Catarina 2023-10-09T17:06:22-03:00 Maria Cristina Canale cristinacanale@epagri.sc.gov.br Marcos Vinicius Andrade mvandrade57@gmail.com Rodolfo Vargas Castilhos rodolfocastilhos@epagri.sc.gov.br <p>A cigarrinha-africana Leptodelphax maculigera Stål, 1859 (Hemiptera: Delphacidae) foi recentemente relatada no Brasil, sendo o primeiro relato no estado de Goiás, ocorrendo em braquiária, capim elefante e feijão comum (FERREIRA et al., 2023). Depois, foi identificada no estado do Paraná (BORTOLOTTO et al., 2023), Rio Grande do Sul e São Paulo. A sua ocorrência tem preocupado o setor produtivo a respeito da possibilidade dessa cigarrinha ser um vetor para os patógenos do enfezamento do milho. No estado de Santa Catarina, diversos espécimes da cigarrinha-africana foram capturados utilizando-se armadilhas adesivas amarelas para o monitoramento de insetos. As capturas ocorreram em diversas ocasiões e em diversas localidades do Estado: durante a entressafra do milho, associadas a plantios de cobertura antes de ser implantada a lavoura; e também durante o monitoramento de lavouras de milho já implantadas (Água Doce, Águas de Chapecó, Canoinhas, Caxambu do Sul, Faxinal dos Guedes, Guatambú, Ituporanga, Lages, Major Vieira, Palmitos e Tunápolis).</p> 2023-10-09T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2023 Nota Técnica