Desempenho de genótipos de batata-doce no planalto de Lichinga, Moçambique

Autores

  • Dadzie Carlos João Tarua Universidade Lúrio, Faculdade de Ciências Agrárias
  • Leonid Carlos Moisés Universidade Lúrio, Faculdade de Ciências Agrárias https://orcid.org/0000-0002-0943-7159
  • Guilherme Paulo Damba Instituto de Investigação Agrária de Moçambique
  • Caetano Miguel Lemos Serrote Universidade Lúrio https://orcid.org/0000-0002-7650-4139
  • Adélio Zeca Mussalama Universidade Lúrio, Faculdade de Ciências Agrárias https://orcid.org/0000-0002-0275-2201

DOI:

https://doi.org/10.52945/rac.v35i1.1120

Palavras-chave:

Sobrevivência, Raízes comerciais, Rendimento, Ipomoea batatas

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de genótipos de batata-doce no planalto de Lichinga, em Moçambique. O ensaio foi conduzido seguindo o DBC com 3 repetições e 5 tratamentos (3 clones e 2 variedades de batata-doce). Aos 160 dias foram avaliadas porcentagens de pegamento e de sobrevivência, comprimento de ramas, número total de raízes, número de raízes comerciais e peso médio de raízes comerciais. Não houve diferença dos genótipos sobre as porcentagens de pegamento (média = 95%) e de sobrevivência (média = 85%), peso médio de raízes comerciais (média = 0,66t ha-1). Entretanto, a variedade Irene se destacou no rendimento médio de raiz (23,07t ha-1), número de raízes comerciais (135802 raízes ha-1) e número total de raízes (430041 raízes  ha-1).

Biografia do Autor

Dadzie Carlos João Tarua, Universidade Lúrio, Faculdade de Ciências Agrárias

Engenheiro em Desenvolvimento Rural, Universidade lúrio

Leonid Carlos Moisés, Universidade Lúrio, Faculdade de Ciências Agrárias

Mestre em Tecnologias em Agricultura

Adélio Zeca Mussalama, Universidade Lúrio, Faculdade de Ciências Agrárias

Doutorando em Protecção de plantas - UFPel

Referências

ANDRADE, V. C., VIANA, D. J., FERNANDES, J. S., & FIGUEREDO, J. A. Selection of sweet potato clones for the region Alto Vale do Jequitenhonha. Horticultura brasileira, v.27, n.3, p. 389-393, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-05362009000300024.

INE – Instituto Nacional de Estatística. Censo agro-pecuário 2009-2010 - Resultados definitivos. 2011. Maputo, Moçambique. 115p. Disponível em: http://www.ine.gov.mz/operacoes-estatisticas/censos/censo-agro-pecuario/cap-2009-2010/censo-agro-2013-pecuario-2009-2013-2010-resultados-definitivos-2.pdf/view. Acesso em: 6 out. 2020.

JÚNIOR, V.C.A.; VIANA, D.J.; PINTO, N.A.V.D.; RIBEIRO, K.G.; PEREIRA, R.C.; NEIVA, I.P.; AZEVEDO, A.M.; ANDRADE, P. C. (2012). Características produtivas e qualitativas de ramas e raízes de batata-doce. Horticultura Brasileira, v.30, n.4, p. 584-589. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362012000400004.

OMAR, Z. R. Análise comparativa do rendimento de três variedades de batata-doce (Ipomoea batatas L.) entre as quais duas de polpa alaranjada e uma de polpa branca cultivado no sistema orgânico no campus da ESUDER no distrito de Vilankulo. 2016. 63f. Monografia (Graduação em Produção Agrícola) - Escola Superior de Desenvolvimento Rural, Universidade Eduardo Mondlane, Vilankulo, Moçambique, 2016.

QUEIROGA, R.C.F.; SANTOS, M.A.S.; MENEZES, M.A.; VIEIRAII, C.P.G.; SILVA, M.C. Fisiologia e produção de cultivares de batata-doce em função da época de colheita. Horticultura Brasileira, v.25, n.3, p. 371-374, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/hb/v25n3/a10v25n3. Acesso em: 10 junho 2020.

SANTANA, I.; CARDOSO, M.H. Raiz tuberosa de yacon (Smallanthus sonchifolius): potencialidade de cultivo, aspectos tecnológicos e nutricionais. Ciência Rural, v.38, n.3, p.898-905, 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-84782008000300050.

STATHERS, T.; BECHOFF, A.; SINDI, K.; LOW, J.; NDYETABULA, D. Everything you ever wanted to know about sweet potato: Reaching agents of change ToT manual. 5: Harvesting and postharvest management, processing and utilization, marketing and entrepreneurship (Amharic). Nairobi: Kenya/International Potato Center, 2013. 82p.

YAHAYA, S. U., SAAD, A. M., MOHAMMED, S. G., AFUADE, S. O. Growth and yield components of sweet potato (Ipomoea batatas L.) and their relationships with root yield. American Journal of Experimental Agriculture, v.9, n.5, p.1-7, 2015. DOI: https://doi.org/10.9734/AJEA/2015/20078.

Downloads

Publicado

2022-04-19

Como Citar

Tarua, D. C. J., Moisés, L. C. ., Damba, G. P. ., Serrote, C. M. L., & Mussalama, A. Z. (2022). Desempenho de genótipos de batata-doce no planalto de Lichinga, Moçambique. Agropecuária Catarinense, 35(1), 29-31. https://doi.org/10.52945/rac.v35i1.1120

Edição

Seção

Nota Científica