Captação de microvibrações da imagem para identificação de sinais de homeopatia em plantas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52945/rac.v35i1.1226

Palavras-chave:

agrohomeopatia, vibraimage, tensão elétrica, visão computacional

Resumo

O uso de imagens, sensores e algoritmos matemáticos podem auxiliar na geração de atributos técnicos e facilitar o diagnóstico do estado de saúde das plantas. Combinado a isto, a visão computacional proporciona uma estratégia não-destrutiva e não-invasiva na coleta de amostras e na análise propágulos vegetais, facilitando a rastreabilidade do experimento. Assim, o objetivo desta pesquisa foi identificar sinais das homeopatias Magnetitum e Arsenicum tartaricum aplicadas em plantas de beldroega [Pilea microphylla (L.) Liebm.], com o uso de algoritmos computacionais. O trabalho de captação das imagens foi realizado em laboratório de Produção Vegetal e Horto Didático do Curso de Agronomia da UNISUL Universidade. Para avaliar as plantas, com base nas imagens, foram utilizados algoritmos encontrados no VibaHT® e no ImageJ. As imagens foram geradas por webcam (online) e duas homeopatias na 250 milesimal foram aplicadas durante 14 dias. O procedimento experimental consistiu em gerar imagens 640 × 480 pixels a partir de uma webcam transformada para simular um sensor "red-green-NIR" (RGN) substituindo o canal por um filtro de luz azul e assim, produzir uma imagem do infravermelho próximo. Também foram geradas imagens com a webcam nos canais normais "red-green-blue" (RGB), para testar a competência dos algoritmos. Após a captação das imagens foram feitas as análises matemáticas da variação de pixels, representadas por três variáveis, desenvolvidas por algoritmos específicos: lacunaridade, entropia e estresse. O número de repetições do experimento foi suficiente para identificar diferenças significativas ao nível de 1% de probabilidade entre as imagens e, os algoritmos foram robustos para identificar os sinais da homeopatia.

Biografia do Autor

Jasper Jose Zanco, Universidade do Sul de Santa Catarina- Unisul

Possui graduação em Agronomia (1990) e Mestrado em Produção Vegetal (1994) pela Universidade Federal de Pelotas - enraizamento de estacas de plantas medicinais; doutorado parcial em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina - Simulação dinâmica e Lógica Fuzzy (2005) e, doutorado em Agronomia, Produção Vegetal pela Universidade do Estado de Santa Catarina - Homeopatia vegetal e biofotônica (2016). Professor adjunto e pesquisador da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL-ANIMA) - morfofisiologia e produção de plantas bioativas. Realiza pesquisas com ultra diluições dinamizadas, biospeckle laser e visão computacional aplicada a análise de plantas-solo-água. Coordena o Grupo de Pesquisa em Biotecnologia e Produção Vegetal (1998-2022).

Pedro Boff, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Brasil

Possui doutorado (PhD) em Ecologia da Produção e Conservação de Recursos Naturais - Wageningen Agricultural University (2001)[Diploma reconhecido pela UFSC em Recursos Genéticos Vegetais]. Sua graduação foi em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (1984) e mestrado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa (1988). Atualmente é pesquisador da EPAGRI - Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina/ Est. Exp. de Lages, colaborador (orienta mestrado e doutorado) do Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal do CAV-UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina. É professor do Programa de Pós-graduação interdisciplinar - Mestrado em Ambiente e Saúde da UNIPLAC - Universidade do Planalto Catarinense. Editor Associado da Revista Brasileira de Agroecologia; eventual revisor ad hoc de várias revistas cientificas. Responsável pelo Lab. de Homeopatia e Saúde Vegetal da Epagri e coordena projeto Núcleo Emergente em Agroecologia e Saúde Ambiental (Edital FAPESC/CNPq, 2012/15). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase na pesquisa/ensino em Agroecologia e desenvolvimento de tecnologias sociais principalmente nos seguintes temas: saúde vegetal, interações multitróficas, homeopatia integrativa, agrobiodiversidade e sociedade/natureza.

Sérgio Domingues, Professor da rede Estadual de Ensino, Curso Técnico em Agroecologia em Fraiburgo/SC

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (2013). Tem experiência na área de Agronomia, com enfase em Produção Vegetal, Mestre em Produção Vegetal pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), atualmente desenvolve estudos ligados a prática da Agroecologia e uso de Altas Diluições, Respiração Microbiana e Cromatografia de Pfeiffer. Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal - UDESC data defesa 23/02/2021. Professor da rede Estadual de Ensino, Curso Técnico em Agroecologia em Fraiburgo/SC nas disciplinas, Topografia, Solos e Fruticultura. Consultor Ad hoc em projetos FAPESC, revisor da Revista Brasileira de Agroecologia - RBA, revisor da Revista Caatinga.

Mari Ines Carissimi Boff, Programa De Pós-Graduação em Produção Vegetal da Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, Brasil

Possui graduação em Engenharia Agronomica pela Universidade Federal de Pelotas (1988), mestrado em Ciências Biológicas (Entomologia) pela Universidade Federal do Paraná (1992) e doutorado em Production Ecology And Resource Management - Agricultural University - Wageningen (2001). Atualmente é professor efetivo da Universidade do Estado de Santa Catarina. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Entomologia Agrícola, atuando principalmente nos seguintes temas: entomopathogenic nematodes, insetos, educação ambiental, extratos vegetais e meio ambiente.

Referências

AKIMOV, V.A.; MINKIN, V.A. Determination of Significant Behavioral Parameters on COVID-19 Diagnosis by Artificial Neural Networks Modeling. In: International Open Science Conference VIBRA2021, 4th, Modern Psychology. The Vibraimage Technology. Preprint[…] June 2021, St. Petersburg, Russia. DOI: https://doi.org/ 10.25696/ELSYS.VC4.EN.06

CHOUHAN, S.S.; SINGH, U.P.; SHARMA, U.; JAIN, S. Leaf disease segmentation and classification of Jatropha curcas L. and Pongamia pinnata L. biofuel plants using computer vision-based approaches. Measurement, v.171, 2021. https://doi.org/10.1016/j.measurement.2020.108796.

CONCEIÇÃO, W.S.; MATOS, R.S.; BUFALINO, L.; RAMOS, G.Q.; ZAYAS, F.G.; FONSERCA FILHO, H.D. da. Micromorphology and fractal evaluation of Dinizia excelsa Ducke wood under three different cut conditions by atomic force microscopy. Measurement, v.179, 2021, 109490. DOI: https://doi.org/ 10.1016/j.measurement.2021.109490

MINKIN, V.A.; NIKOLAENKO, N.N. Application of Vibraimage Technology and System for Analysis of Motor Activity and Study of Functional State of the Human Body. Biomedical Engineering, v.42, n.4, p.196-200, 2008. DOI: https://doi.org/10.1007/s10527-008-9045-9.

MISHRA, P.; LOHUMI, S.; KHAN, H.A.; NORDON, A. Close-range hyperspectral imaging of whole plants for digital phenotyping: Recent applications and illumination correction approaches. Computers and Electronics in Agriculture, v.178, 2020. DOI: 10.1016/j.compag.2020.105780.

PATRICIO, D.I.; RIEDER, R. Computer vision and artificial intelligence in precision agriculture for grain crops: A systematic review. Computers and Electronics in Agriculture, v.153, p. 69-81, 2018. DOI: https://doi.org/10.1016/j.compag.2018.08.001.

ZANCO, J. J; BOFF, P; MINKIN, V. A. Análise de sinais bioeletrográficos em sementes de feijão-branco tratadas com altas diluições. 2013. Disponível em: https://www.vibraimage.it/Bibliography/Engl/2013/resumo_expandido_2013.pdf

ZANCO, J.J.; BOFF, P.; WERNER, S.S.; BOFF, M.I.C. Biophototic in azuki bean seeds treated with ultrahigh dilutions. Research, Society and Development, v.10, n.2, pág. e26110212462, 2021. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v10i2.12462.

Downloads

Publicado

2022-04-19

Como Citar

Zanco, J. J., Boff, P., Domingues, S. ., & Boff, M. I. C. . (2022). Captação de microvibrações da imagem para identificação de sinais de homeopatia em plantas. Agropecuária Catarinense, 35(1), 54-60. https://doi.org/10.52945/rac.v35i1.1226

Edição

Seção

Artigo Científico