Composição de plantas invasoras em diferentes sistemas integrados de produção agropecuária

Autores

  • Daniel de Queiroz Barbosa Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Agrarias: Curitiba, PR, BR https://orcid.org/0000-0001-6477-7749
  • Anibal Moraes Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR https://orcid.org/0000-0001-7981-3941
  • Claudete Reisdorfer Lang Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR https://orcid.org/0000-0003-2509-6419
  • Leandro Bittencourt Oliveira Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR
  • João Pedro Tavares Fernandes Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR https://orcid.org/0000-0003-2162-6654
  • Camila Crestani Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR

DOI:

https://doi.org/10.52945/rac.v34i3.1274

Palavras-chave:

matologia, planta daninha, botanal

Resumo

No âmbito global se reconhece o potencial dos sistemas integrados como uma via sustentável para alimentar nove bilhões de pessoas em 2050. Esses sistemas são capazes de incrementar a resiliência ambiental pelo aumento da diversidade biológica e pela efetiva e eficiente ciclagem de nutrientes, o que acarreta a melhoria da qualidade do solo, além de prover serviços ecossistêmicos e contribuir para a mitigação das mudanças climáticas. O objetivo do trabalho foi avaliar a ocorrência e a composição da comunidade de plantas daninhas na cultura do milho em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária (SIPAs). O delineamento experimental foi o de blocos casualizados (DBC), com 4 tratamentos e 3 repetições. A variedade de milho BRS Sol da Manhã foi cultivada em quatro sistemas: lavoura (L), integrado com lavoura-pecuária (LP), lavoura-floresta (LF) e lavoura-pecuária-floresta (LPF), todos sem a utilização de herbicida. Foram avaliadas a ocorrência e a composição de plantas daninhas nos diferentes sistemas de produção por meio de um levantamento da composição botânica em matéria seca (kg ha-1). Verificou-se grande contribuição de Megathyrsus maximus cv. Áries em todos os sistemas, principalmente no LPF, assim como o predomínio de Urochloa brizantha no LP, além do predomínio de Hemarthria altíssima no sistema LF. O SIPA demonstrou ser capaz de produzir 5,8t ha-1 milho sem uso de herbicidas.

Biografia do Autor

Daniel de Queiroz Barbosa, Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Agrarias: Curitiba, PR, BR

Graduação em Engenharia Agronômica, UFPR, 2021.

Anibal Moraes, Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR

Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR 1984-09-26 to present | Professor (Fitotecnia e Fitossanidade)

Claudete Reisdorfer Lang, Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR

Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Agrarias: Curitiba, PR, BR
2008-03-25 to present | (Departamento de Fitotecnia e Fitossanitarismo)

Leandro Bittencourt Oliveira, Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR

Doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria, Brasil(2015)
Adjunto da Universidade Federal do Paraná , Brasil.

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (2010), mestrado em Ciência do Solo pela Universidade Federal de Santa Maria (2012) e doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria (2015). Trabalhou com adubação de pastagens nativas e com a taxa de crescimento de diferentes espécies nativas. Doutorado sanduíche realizado no INRA - Toulouse França sob orientação do pesquisador Pablo Cruz, no tema de atributos radiculares de gramíneas forrageiras.

João Pedro Tavares Fernandes, Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR

Doutorado em andamento em Agronomia (Produção Vegetal) (Conceito CAPES 5).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Orientador: Paulo César de Faccio Carvalho.
Coorientador: Anibal de Moraes.
Palavras-chave: Integração lavoura, pecuária e floresta.

Camila Crestani, Universidade Federal do Paraná: Curitiba, PR, BR

Engenheira Agrônoma, Mestrado em andamento em Agronomia.
Universidade Federal do Paraná. 

Referências

CARVALHO, P. C. D. F., MORAES, A. D., PONTES, L. D. S., ANGHINONI, I., SULC, R. M., BATELLO, C. Definições e terminologias para sistema integrado de produção agropecuária. Revista Ciência Agronômica, v.45, p.1040-1046, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/S1806-66902014000500020.

CONAB. Acompanhamento da Safra Brasileira. Séries históricas. Disponível em: https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/serie-historica-das-safras. Acesso em: 10 outubro 2021.

COSER, A.C.; NASCIMENTO JUNIOR, D.; GOMIDE, J. A.; SILVA, J. F. C.; SILVA, M. A. GARCIA, R.; MARTINS, C. E. Utilização do Botanal em comparação a outros métodos de avaliação. Pesquisa Agropecuária Brasileira. Brasília, p.759-767, 1991.

DOMINSCHEK R., BARROSO A. A. M., LANG C. R., DE MORAES A., SULC R. M., SCHUSTER M. Z. Crop rotations with temporary grassland shifts weed patterns and allows herbicide-free management without crop yield loss. Journal of Cleaner Production, v.306, 2021, DOI: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2021.127140.

DOMINSCHEK, R.; KRUCHELSKI, S.; DEISS, L.; PORTUGAL, T.B.; DENARDIN, L.G.; MARTINS, A.P.; LANG, C.R.; DE MORAES, A. Sistemas integrados de produção agropecuária na promoção da intensificação sustentável: Boletim Técnico do NITA [recurso eletrônico]. Curitiba. Universidade Federal do Paraná, Departamento de Fitotecnia e Fitossanitarismo, 2018.

EMBRAPA. Resistência de plantas daninhas a herbicidas: conceitos, origem e evolução. Passo Fundo: Embrapa Trigo, 2006. 22p. ISSN: 1518-6512. Publicação Online. Disponível em: http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/CNPT-2010/40676/1/p-do58.pdf. Acesso em: 25 julho 2021.

EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 5. ed., rev. e ampl. Brasília, DF: Embrapa, 2018. 356 p.

HARGREAVES, J.; KERR, J. BOTANAL - A comprehensive sampling and computing procedure for estimating pasture yield and composition. Computational package. St Lucia, Qld.: CSIRO Division of Tropical Crops and Pastures,1992.

IDR-PARANÁ. Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – IAPAR-EMATER. Atlas Climático do Estado do Paraná [recurso eletrônico]. Londrina (PR): Instituto Agronômico do Paraná, 2019. 210p. Disponível em: http://www.idrparana.pr.gov.br/system/files/publico/agrometeorologia/atlas-climatico/atlas-climatico-do-parana-2019.pdf. Acesso em: 03 abril 2021.

LEVINSKI-HUF, F. Adubação de sistemas e comportamento dos nutrientes em sistema de integração lavoura-pecuária. Tese (Doutorado), Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Pato Branco, PR. 2018.

PIASSETTA, R. R. L.; SOUZA, N.J.; MIKOS, A.P.; AUER, C.G. Legislação restritiva referente ao uso de agrotóxicos em municípios do Estado do Paraná. BIOFIX Scientific Journal, v.6, n.1, p.75-83, 2021. DOI: https://doi.org/10.5380/biofix.v6i1.77378.

PITELLI, R.A. Planta Daninha, Viçosa-MG, v.33, n.3, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-83582015000300025.

RODRIGUES, V.N.; VON PINHO, R.G.; PAGLIS, C.M.; BUENO FILHO, J.S.S.; BRITO, A. H. Comparação entre métodos para estimar a produtividade de grãos de milho. Ciência e Agrotecnologia, v.29, n.1, p.34-42, 2005. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-70542005000100004

SCHUSTER, M.Z, PELISSARI, A.; DE MORAES, A.; HARRISON, S.K.; SULC, R.M.; LUSTOSA, S.B.C.; ANGHINONI, I.; CARVALHO, P.C.F. Grazing intensities affect weed seedling emergence and the seed bank in an integrated crop–livestock system. Agriculture, Ecosystems & Environment, v.232, 2016, p.232-239. DOI: https://doi.org/10.1016/j.agee.2016.08.005.

SCHUSTER, M.Z.; LUSTOSA, S.B.C.; PELISSARI, A.; HARRISON, S.K.; SULC, R. M.; DEISS, L.; LANG, C.R.; CARVALHO, P.C.D.F.; GAZZIERO, D.L.P.; MORAES, A. Optimizing forage allowance for productivity and weed management in integrated crop-livestock systems. Agronomy for sustainable development, v.39, n.2, p.1-10, 2019. DOI: https://doi.org/10.1007/s13593-019-0564-4.

WEISBERGER D., NICHOLS V., LIEBMAN M. Does diversifying crop rotations suppress weeds? A meta-analysis. PloS ONE, v.14, n.7, p.e0219847, 2019. DOI: https://doi.org/10.1371/journal.pone.0219847

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

Barbosa, D. de Q., Moraes, A., Lang, C. R., Oliveira, L. B., Fernandes, J. P. T., & Crestani, C. (2021). Composição de plantas invasoras em diferentes sistemas integrados de produção agropecuária. Agropecuária Catarinense, 34(3), 33-36. https://doi.org/10.52945/rac.v34i3.1274

Edição

Seção

Nota Científica