Necessidade de mata ciliar nas propriedades suinícolas a partir dos dados do Levantamento Agropecuário Catarinense

Autores

  • Julio Cesar Pascale Palhares Embrapa Suínos e Aves
  • Antonio Lourenço Guidoni Embrapa Suínos e Aves

Palavras-chave:

legislação ambiental, rios, suinocultura

Resumo

O objetivo deste estudo foi gerar informações e conhecimentos a fim de subsidiar a tomada de decisões e o delineamento de políticas e estratégias para conservação e recuperação de matas ciliares nas propriedades suinícolas de Santa Catarina. Utilizaram-se as informações contidas no Levantamento Agropecuário Catarinense. Dos 7.257 suinocultores entrevistados, 4.443 (61,2%) declararam possuir curso d’água na propriedade e 2.806 (38,7%) não possuíam. A maior presença de rios se deu em propriedades com escalas produtivas de média a grande (de 101 a 1.000 suínos). A largura dos cursos d’água em 90% das propriedades apresentou-se inferior a 10m.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

Palhares, J. C. P., & Guidoni, A. L. (2020). Necessidade de mata ciliar nas propriedades suinícolas a partir dos dados do Levantamento Agropecuário Catarinense. Agropecuária Catarinense, 23(3), 61-65. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/743

Edição

Seção

Artigo Científico