Ocorrência de Agathomerus sellatus em tomateiro no Planalto Norte Catarinense

Autores

  • Alvimar Bavaresco Epagri/Estação Experimental de Canoinhas
  • Geraldo Pilati Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina

Palavras-chave:

Insecta, tomate, inseto-praga, broca

Resumo

Na safra de 2004/05 foram observados danos de Agathomerus sellatus (Germar) (Coleoptera: Chrysomelidae) na cultura do tomateiro na Região do Planalto Norte Catarinense. Neste trabalho é apresentada a descrição e os danos do inseto, com algumas indicações para o seu manejo. As larvas de A. sellatus broqueiam as hastes do tomateiro e de outras solanáceas, enquanto os adultos alimentam-se das partes verdes das plantas. A postura é endofítica e resulta em um dano característico, formado por pequenos orifícios em espiral ao redor da haste. No local da postura a haste pode quebrar com o vento, na manipulação ou devido ao peso da planta. Rotação de culturas, controle dos insetos adultos e a eliminação das plantas atacadas podem contribuir para reduzir o nível populacional da praga.

Downloads

Publicado

2021-06-23

Como Citar

Bavaresco, A., & Pilati, G. . (2021). Ocorrência de Agathomerus sellatus em tomateiro no Planalto Norte Catarinense. Agropecuária Catarinense, 18(3), 95-97. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/988

Edição

Seção

Nota Científica