Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de aveia preta submetidas a tratamento químico e biológico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22491/RAC.2019.v32n3.4

Palavras-chave:

Trichoderma spp., Avena strigosa, controle biológico

Resumo

A aveia preta (Avena strigosa Schreb.) é uma cultura de grande interesse para agropecuária no Sul do Brasil. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade fisiológica e sanitária de sementes de aveia preta tratadas com Trichoderma spp. e fludioxonil de forma isolada e combinada. Os tratamentos utilizados foram: sementes imersas em água (controle), sementes microbiolizadas com Trichoderma spp., sementes tratadas com fludioxonil e, sementes tratadas com a combinação Trichoderma spp.+ fludioxonil. A combinação Trichoderma spp.+ fludioxonil exibiu a maior eficácia no controle de fungos presentes em sementes de aveia preta, no entanto, reduziu o crescimento inicial das plantas.

Biografia do Autor

Gerarda Beatriz Pinto da Silva, Engenheira Agrônoma, Consultora. Drones for Agro, Vacaria/RS

Engenheira Agrônoma, Dra.

Drones for Agro, Vacaria/RS

gerardabeatriz@gmail.com

Maike Lovatto, Universidade Estadual de Maringá - UEM Aluno de doutorado

Engenheiro Agrônomo, MSc.

Universidade Estadual de Maringá

maikelovatto2@gmail.com

Downloads

Publicado

2019-10-03

Como Citar

Pinto da Silva, G. B., & Lovatto, M. (2019). Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de aveia preta submetidas a tratamento químico e biológico. Agropecuária Catarinense, 32(3), 47-49. https://doi.org/10.22491/RAC.2019.v32n3.4

Edição

Seção

Nota Científica