Dormência vegetativa da nogueira-pecã – Uma revisão

Autores

  • Claudia Farela Ribeiro Crosa UFPEL
  • Rudinei de Marco UFPEL
  • Rafaela Schmidt de Souza UFPEL
  • Carlos Roberto Martins Embrapa Clima Temperado

DOI:

https://doi.org/10.52945/rac.v34i2.1139

Palavras-chave:

Pecan, Carya illinoinensis, dormência, horas de frio, requerimento de frio

Resumo

A nogueira-pecã é uma frutífera que necessita de baixas temperaturas no período hibernal para que possa induzir e superar a dormência, restabelecendo assim um novo ciclo de desenvolvimento produtivo. Através desta revisão, o produtor poderá ter informações confiáveis da exigência climática da cultura, a fim de respaldar sua tomada de decisão sobre práticas de gestão que reduzam os danos causados por esses fenômenos e sirvam para otimizar o sistema de produção, melhorando seus lucros. Em vista disso, torna-se propício adaptar informações sobre a cultura com foco na exigência em frio hibernal necessária para a superação da dormência dos cultivares de nogueira-pecã. Pôde-se constatar a divergência entre os autores em relação à necessidade de frio para a nogueira-pecã, bem como a necessidade de mais trabalhos no que se refere aos produtos utilizados para induzir a brotação na nogueira-pecã.

Referências

BILHARVA, M.G., MARTINS, C.R., HAMANN, J.J., FRONZA, D., DE MARCO, R., MALGARIM, M.B. Pecan: from Research to the Brazilian Reality. Journal of Experimental Agriculture International, v.23, n.6, p.1-16, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.9734/JEAI/2018/41899

CARDOSO, L. S.; BERGAMASCHI, H.; BOSCO, L. C.; DE PAULA, V. A.; NACHTIGAL, G. R. Unidades de frio para macieiras na região de Vacaria – RS, Brasil. Rev. Bras. Frutic., v.37, n.2, 289-295, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/0100-2945-136/14

CASALES, F. G.; VAN DER WATT, E.; COETZER, G. M. Propagação de Pecan (Carya illinoensis): Uma revisão. African Journal of Biotechnology, v.17, p.586-605, 2018. DOI: https://doi.org/10.5897/AJB2017.16183

COMENUEZ. Comité Mexicano del Sistema Producto Nuez. 2020. Disponível em: http://www.comenuez.com/info-del-mercado.html. Acesso em: 20 Dezembro 2020.

FAUST, M.; EREZ, A.; ROWLAND, L.J.; WANG, S.Y.; NORMAN, H.A. Bud dormancy in perennial fruit trees: physiological basis for dormancy induction, maintenance, and release. HortScience, v. 32, n. 4, 623–629, p. 7. 1997. Disponível em: https://journals.ashs.org/hortsci/view/journals/hortsci/32/4/article-p623.xml Acesso em: 13 Junho 2020.

FRONZA, D.; HAMANN, J. J.; AMBOS, V.; ANESE, R. de O.; MEYER, E. A. Pecan cultivation: general aspects. Cienc. Rural v.48, n.2, 170-179, p.9. 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20170179

GRAGEDA, J. G.; CORRAL, J. A. R.; ROMERO, G. E. G.; MORENO, J. H. N.; LAGARDA, J. V.; ÁLVAREZ, O. R.; LAGUNES, A. J. Efecto del cambio en la acumulación de horas de frío en la región nogalera de Hermosillo, Sonora. Revista Mexicana de Ciências Agrícolas. n.13, p.2487-2495, 2016. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S200709342016000902487&lng=pt&nrm=iso Acesso em: 10 Novembro 2020.

GRAGEDA, J. G.; CASTILLO, A. A. F.; MORENO, J. H. N. Efecto de la temperatura en la acumulación de frío y la producción del nogal pecanero. Revista Pacana- Año 5, n.21, p.10-13, 2019. Disponível em: http://comenuez.com/assets/ene-feb-digital-pacana-2019.pdf. Acesso em: 13 Jun. 2020.

GRAGEDA, J. G.; SANCHÉZ, N. C.; LAGUNES, A.J. ; MORENO, H. N.; CASTILLO, A. A. F. Relación de la acumulación de frío y producción de nogal pecanero em Hermosillo, Sonora. Revista Pacana- Año 5, n. 28, p.32-34, 2020. Disponível em: http://www.comenuez.com/assets/sep-oct-digital-pacana-2020.pdf. Acesso em: 09 Jun. 2020.

HAWERROTH, F.J.; HERTER, F.G.; PETRI, J.L.; LEITE, G.B.; PEREIRA, J.F.M. Dormência em frutíferas de clima temperado. (Documentos - 310), Embrapa Clima Temperado, Pelotas, p.1-57, 2010a. Disponível em: http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/44317/1/documento-310.pdf Acesso em: 11 Maio 2020.

HAWERROTH, F. J.; PETRI, J. L.; LEITE, G. B.; HERTER, F. G. Brotação de gemas em macieiras 'Imperial Gala' e 'Fuji Suprema' pelo uso de Erger® e nitrato de cálcio. Rev. Bras. de Fruticultura, Jaboticabal, v.32, n.2, p.343-350, 2010 b. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbf/v32n2/aop07810.pdf. Acesso em: 11 Maio 2020.

INTAGRI. Los Compensadores de Horas Frío en Frutales. Serie Frutales, n.31. Artículos Técnicos de INTAGRI. México. p.1-4, 2017. Disponível em: https://www.intagri.com/articulos/frutales/los-compensadores-de-horas-frio-en-frutales. Acesso em: 11 Maio 2020.

KESKE, C.; VIEIRA, J. A.; FRANZÃO, M.; PADILHA, L H. P.; FOSTER, M. Efeito de cianamida hidrogenada e extrato de alho na quebra de dormência de cultivares de nogueira pecã no alto vale do Itajaí. Resultados Econômicos e de Sustentabilidade nos Sistemas nas Ciências Agrárias. Editora Atena. p.102-109, 2020. Disponível em: https://www.finersistemas.com/atenaeditora/index.php/admin/api/artigoPDF/37374 Acesso em: 11 Novembro 2020.

KUDEN, A. B.; TUZCU, O.; BAYAZIT, S.; YILDIRIM, B.; IMRAK, B. Studies on the chilling requirements of pecan nut (Carya illionensis Koch) cultivars. African Journal of Agricultural Research. V.8, 3159-3165, p. 7. 2013. Disponível em: https://academicjournals.org/article/article1380890377_Kuden%20et%20al.pdf Acesso em: 11 Maio 2020.

LANG, G. A.; EARLY, J. D.; MARTIN, G. C.; DARNELL, R. L. Endo-, para- and ecodormancy: physiological terminology and classification for dormancy research. Hortscience, v. 22, 371-377, p. 7. 1987. Disponível em: https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:FDPLKFHKS8sJ:https://www.scienceopen.com/document%3Fvid%3D72cb57c5-ade2-4529-b2ff-f7987d4b215e+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br Acesso em: 11 Novembro 2020.

LEITE, G.B. A origem da heterogeneidade da brotação em regiões de inverno ameno. Agropecuária Catarinense, Florianópolis, v.33, n.1, 20-23, p. 4. 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/341372326_A_origem_da_heterogeneidade_da_brotacao_em_regioes_de_inverno_ameno. Acesso em: 13 Jun. 2020.

LEMUS, G. El Cultivo del Pecano (Carya illinoensis). INIA Chile. 22p. Chile, 2004. Disponível em: https://bibliocapp.jimdo.com/app/download/9332614252/Cultivo+Pecan.pdf?t=1394713693. Acesso em: 11 Out. 2020.

MARTINS, C. R.; CONTE, A.; FRONZA, D.; FILIPPINI ALBA, J. M.; HAMANN, J. J.; BILHARVA, M. G.; MALGARIM, M. B.; FARIAS, R. de M.; DE MARCO, R. ; REIS, T. Situação e perspectiva da nogueira-pecã no Brasil. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 1-33, p. 33. 2018. Disponível em: http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/187187/1/documento-462.pdf Acesso em: 13 Julho 2020.

MELKE, A. The Physiology of Chilling Temperature Requirements for Dormancy Release and Bud-break in Temperate Fruit Trees Grown at MildWinter Tropical Climate. Journal of Plant Studies, v.4, n.2, p.110-156, p. 47. 2015. DOI: 10.5539 / jps.v4n2p110

MCWILLIAMS, J. The pecan: A history of America’s native nut. Austin: Hardcover, p.1-178, 2013.

MORALES, M. del C. M. Efecto del thidiazuron en el desarrollo y producción del nogal pecanero. Agrofaz, v.6, n. 2, p.171-178, 2006. Disponível em : https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2303546. Acesso em: 19 Ag. 2020.

OJEDA-BARRIOS, D. L. et al. Evolución de los sistemas de producción de nuez em México. Tecnociencia, Chihuahua, v.3, n.3, p.115-120, 2009. Disponível em: http://tecnociencia.uach.mx/numeros/v3n3/data/Evolucion_de_los_sistemas_de_produccion_de_nuez_en_Mexico. Acesso em: 11 Maio 2020.

PETRI, J.L.; PALLADINI, L.A.; POLA, A.C. Dormência e indução a brotação em macieira. In: EPAGRI. A cultura da macieira. Florianópolis, p.261-297, 2006.

PETRI, J.L.; LEITE, G.B.; PUTTI, G.L. Apple tree bud-break promoters in mild winter conditions. Acta Horticulturae, Seoul, v.774, p.291- 296, 2008. DOI: 10.17660 / ActaHortic.2008.774.39

PETRI, J.L.; HAWERROTH, F.J.; LEITE, G.B.; SEZERINO, A.A.; COUTO, M.; Reguladores de crescimento para frutíferas de clima temperado.1ª Edição. Florianópolis: Epagri, 1-145, p.145. 2016. Disponível em: https://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/1067694/1/LIVROReguladoresdecrescimentoparafrutiferasdeclimatemperadocorrigidoOKneu.pdf. Acesso em: 11 Maio 2020.

POLETTO, T.; MUNIZ, M. F. B.; POLETTO, I.; STEFENON, V. M.; MACIEL, C. G.; RABUSQUE, J. E. Superação de dormência e qualidade de mudas de nogueira-pecã em viveiro. Cienc. Rural, v.46, n.11. p.1980-1985, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20150835.

RASEIRA, A. A cultura da nogueira-pecã (Carya illinoenensis). Pelotas: Embrapa Clima Temperado, p.3. 1990. (Embrapa Clima Temperado. Comunicado Técnico, 63). Disponível em: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/743219. Acesso em: 23 Novembro 2020.

RICHARDSON, E.A.; SEELEY, S.D.; WALKER, D.R. A model for estimating the completion of rest for ‘Redhaven’ and ‘Elberta’ peach trees. HortScience, Alexandria, v.9, n.4, 331-332, 1974.

ROVANI, F. F. M.; WOLLMANN, C. A. Análise sazonal e anual dos requisitos climáticos do cultivo da nogueira pecã (Carya illinoinensis) no Rio Grande do Sul. Geousp – Espaço e Tempo (Online), v.22, n.1, p.191-209, 2018. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2018.122043

RUIZ, D.; CAMPOY, J.A.; EGEA, J. Chilling and heat requirements of apricot cultivars for flowering. Environmental and Experimental Botany, v.61, p. 254-263, 2007. https://doi.org/10.1016/j.envexpbot.2007.06.008

SANTOS, D.F.; LEITE, R.R.M.; MARTINS, F.B. Avaliação de métodos de estimativa de número de horas frio para o Sul e sudoeste do Paraná. Revista Brasileira de Climatologia, v.21. 401-416, p.16. 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v21i0.52382

SHALTOUT, A.D.; UNRATH, C.R. Rest completion prediction model for ‘Starkrimson Delicious’ apples. Journal of the American Society for Horticultural Science, Alexandria, v.108, n.6, 957-961, 1983.

UBER, S. C; PETRI, J. L.; FAGUNDES, E.; COUTO, M.; FRANCESCATTO, P.; ESPERANÇA, C. F. Eficiência do Erger® como indutor de brotação em alternativa a cianamida hidrogenada. Revista da Jornada da Pós-Graduação e Pesquisa. Urcamp, p.16. 2017. Disponível em http://revista.urcamp.tche.br/index.php/rcjpgp/article/view/823/519 Acesso em: 11 Maio 2020.

WELLS, L. Pecan: America’s native nut tree. Tuscaloosa: The University of Alabama Press, 264p. 2017a.

WELLS, L. Southeastern Pecans Growers’ Handbook. University of Georgia, 236p. 2017b.

Downloads

Publicado

2021-08-24

Como Citar

Crosa, C. F. R., De Marco, R. ., Schmidt de Souza, R., & Martins, C. R. . (2021). Dormência vegetativa da nogueira-pecã – Uma revisão. Agropecuária Catarinense, 34(2), 78-82. https://doi.org/10.52945/rac.v34i2.1139

Edição

Seção

Revisão Bibliográfica

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.