Cigarrinhas-das-pastagens em Santa Catarina: avaliação do complexo de espécies e da incidência natural de fungos entomopatogênicos

Autores

  • Leandro Prado Ribeiro Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar - Cepaf, Santa Catarina, Brasil
  • Angélica Ribolli Cazarotto Universidade Federal da Fronteira Sul, Chapecó, SC, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22491/RAC.2019.v32n2.11

Palavras-chave:

Cercopidae, amostragem populacional, Notozulia entreriana, Deois schach, controle microbiano.

Resumo

Resumo – Levantamentos sistemáticos foram realizados de modo a determinar a proporção de espécies no complexo de cigarrinhas-das-pastagens incidentes em pastagens estabelecidas em diferentes municípios de Santa Catarina e avaliar a incidência natural de fungos entomopatogênicos associados aos espécimens coletados. Para isso, cigarrinhas adultas foram coletadas em pastagens de grama-bermuda, Cynodon dactylon cv. Tifton 85, sem histórico da aplicação de  micoinseticidas, em 12 municípios do estado usando rede de varredura. Em laboratório, a proporção de espécies de cigarrinhas foi determinada e a mortalidade natural observada durante dez dias, sendo os exemplares mortos desinfectados e mantidos em placas de Elisa para avaliação da incidência de fungos, com posterior isolamento dos mesmos. Com base nas amostras obtidas, foram identificadas sete espécies de cigarrinhas (Notozulia entreriana, Deois schach, Deois knoblauchii, Mahanarva integra, Deois flavopicta, Deois flexuosa e Deois incompleta), sendo N. entreriana e D. schach classificadas como superfrequentes, constantes, superdominantes e superabundantes de acordo com a análise faunística empregada. Além disso, foram encontradas 15 espécies de fungos em associação às cigarrinhas (Alternaria sp., Aspergillus sp., Aspergillus niger, Bipolaris sp., Cladosporium sp., Curvularia sp., Metarhizium sp., Mucor sp., Nigrospora sp., Penicillium sp., Pestalotia sp., Pithomiices sp. e Monilia sp.), sendo a maioria delas reconhecidas como patógenos oportunistas, saprofitos ou fungos endofíticos. A incidência natural do fungo entomopatogênico Metarhizium spp. foi baixa em todas as áreas amostradas (0,7% do total de cigarrinhas coletadas).

 

Biografia do Autor

Leandro Prado Ribeiro, Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar - Cepaf, Santa Catarina, Brasil

Engenheiro-agrônomo pela Universidade Federal de Santa Maria (2008). Obteve, em 2011, o título de mestre em Entomologia pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/Universidade de São Paulo (ESALQ/USP) e, em 2014, o título de doutor em Entomologia pela ESALQ/USP com período sanduíche no Insect Toxicology Laboratory, Faculty of Land and Food Systems/University of British Columbia, Vancouver, Canadá. Atualmente é pesquisador (ATFS4) em Entomologia do Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar/Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (CEPAF/EPAGRI). (CV lattes: http://lattes.cnpq.br/3336925010648086)

Angélica Ribolli Cazarotto, Universidade Federal da Fronteira Sul, Chapecó, SC, Brasil

Engenheira-agrônoma, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina. E-mail: angelica.ribollicazarotto@gmail.com.

Downloads

Publicado

2019-06-07

Como Citar

Prado Ribeiro, L., & Ribolli Cazarotto, A. (2019). Cigarrinhas-das-pastagens em Santa Catarina: avaliação do complexo de espécies e da incidência natural de fungos entomopatogênicos. Agropecuária Catarinense, 32(2), 73-79. https://doi.org/10.22491/RAC.2019.v32n2.11

Edição

Seção

Artigo Científico