Modulação da razão sexual de Campoletis flavicincta (Hymenoptera: Ichneumonidae) em criação artificial

Autores

  • Leandro Prado Ribeiro Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Cepaf)
  • Sônia Thereza Bastos Dequech Bióloga, Doutora, Professora Adjunta (aposentada), Departamento de Defesa Fitossanitária, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Rogério Fernando Pires da Silva Engenheiro-agrônomo, Doutor, Professor Adjunto (aposentado), Departamento de Fitossanidade, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Lidia Mariana Fiuza Engenheira-agrônoma, Doutora, Professora Adjunta, Centro de Ciências da Saúde, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)

Palavras-chave:

Spodoptera frugiperda, parasitoides, controle biológico.

Resumo

Resumo - O objetivo do presente estudo foi avaliar procedimentos de criação capazes de alterar a razão sexual de Campoletis flavicincta (Hym., Ichneumonidae) em criações massais. Para isso, casais de C. flavicincta, com idade conhecida, foram individualizados e mantidos em condições controladas. Aos parasitoides foram ofertadas lagartas de Spodoptera frugiperda (Lep., Noctuidae) nos seguintes procedimentos de criação, com referência, entre parêntesis, à razão sexual obtida: casais formados 24 horas antes de serem ofertadas as lagartas (0,18) e sem que houvesse período prévio (0,20); oferta de lagartas de 2º (0,19) ou 3º instar (0,18); e idade das fêmeas dos casais de parasitoides: 0-2 dias (0,19), entre 3-6 dias (0,22), de 7-10 dias (0,20) e com idade superior a 10 dias (0,13), sem, contudo, ocorrer diferença significativa entre os tratamentos. Ensaio complementar foi realizado, reunindo-se as condições que propiciaram uma maior proporção de fêmea: casais formados no momento da oferta, oferta de lagartas de se ínstar de S. frugiperda e as fêmeas do parasitoide com idade entre 3-6 dias. Nessas condições, registrou-se razão sexual média de 0,41, sem que fossem alteradas as características biológicas do parasitoide.

 

Biografia do Autor

Leandro Prado Ribeiro, Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Cepaf)

Engenheiro-Agrônomo pela Universidade Federal de Santa Maria (2008). Obteve, em 2011, o título de mestre em Entomologia pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/Universidade de São Paulo (ESALQ/USP) e, em 2014, o título de doutor em Entomologia pela ESALQ/USP com período sanduíche no Insect Toxicology Laboratory, Faculty of Land and Food Systems/University of British Columbia, Vancouver, Canadá. Atualmente é pesquisador (ATFS4) em Entomologia do Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar/Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (CEPAF/EPAGRI). (CV lattes: http://lattes.cnpq.br/3336925010648086)

Downloads

Publicado

2017-10-06

Como Citar

Prado Ribeiro, L., Bastos Dequech, S. T., Pires da Silva, R. F., & Fiuza, L. M. (2017). Modulação da razão sexual de Campoletis flavicincta (Hymenoptera: Ichneumonidae) em criação artificial. Agropecuária Catarinense, 30(2), 74-77. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/RAC/article/view/48

Edição

Seção

Artigo Científico