A produção de carne e leite a base de pastagens começa por sementes de qualidade

Autores

Palavras-chave:

Valor cultural, análise de pureza, teste de germinação, prejuízo

Resumo

As pastagens cultivadas de inverno são um importante componente dos sistemas pecuários no sul do Brasil, oportunizando a produção de carne e leite a custos competitivos. A qualidade de sementes é fundamental para o estabelecimento de pastos produtivos, com alto potencial e livre de contaminação de patógenos e plantas indesejáveis. O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade de sementes de forrageiras de inverno adquiridas por produtores rurais no Planalto Catarinense, no verão/outono de 2017 e 2019. Foram amostrados 78 lotes de sementes de forrageiras adquiridas no mercado local em 12 municípios da região. Parâmetros de germinação, pureza, outras sementes e material inerte foram analisadas em laboratório de análise de sementes credenciado no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. A maior parte dos lotes de sementes analisadas estão abaixo do que preconiza a legislação vigente. Isto compromete o estabelecimento, produção e rentabilidade dos pecuaristas.

Biografia do Autor

Cássio Felipe Lopes, UDESC/Centro de Ciências Agroveterinárias, campus Lages, SC

Estudante Graduação Agronomia, bolsista Pibic CNPq

Cassiano Eduardo Pinto, EPAGRI/Estação Experimental de Lages, Lages, SC

Possui graduação em Engenharia  Agrônomica pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2000), mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) e doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Pesquisador na Estação Experimental de Lages, tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em projetos de pesquisa e desenvolvimento rural com enfoques de manejo e conservação de pastagens naturais diversidade vegetal nos campos de altitude do bioma Mata Atlântica. Com pastagens cultivadas enfoca a produção animal em sistemas integrados de produção agropecuária (SIPA), sob o binômio produção e sustentabilidade no sul do Brasil.

Tiago Celso Baldissera, EPAGRI/Estação Experimental de Lages, Lages, SC

Tiago Celso Baldissera possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (2008). Mestrado e doutorado em Agronomia - Produção Vegetal pela Universidade Federal do Paraná (2014). Realizou estágio de doutorado no Institut National de la Recherche Agronomique (INRA - França). Atua na linha de pesquisa sistemas integrados de produção agropecuária. É líder do grupo de pesquisa Pecuária de Ruminantes no CNPq. Atua como pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) desde 2014, junto ao corpo técnico da Estação Experimental de Lages.

Gustavo Martins da Silva, Embrapa Pecuária Sul, Bagé, RS

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (1995), mestrado e doutorado em Ciência e Tecnologia de Sementes pela Universidade Federal de Pelotas (2001 e 2004). Pesquisador da Embrapa, onde ingressou em 2008 e vem atuando com foco em sementes forrageiras, sistemas de produção de leite e integração lavoura-pecuária. Está no cargo de Chefe Adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Pecuária Sul.

Diego Gindri, CIDASC/Gerência Regional de Lages, Lages, SC

Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal de Santa Maria (2003), mestre (2014) e doutor (2018) em Produção Vegetal pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Atualmente é colaborador da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina - CIDASC, atuando na área de Defesa Agropecuária, com ênfase em Sanidade vegetal, Idoneidade de insumos e Inocuidade de produtos vegetais.

Fabio Cervo Garagorry, Embrapa Pecuária Sul, Bagé, RS

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (2005), mestrado em zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria (2008) e doutorado em zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria (2012). Atualmente é pesquisador na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de zootecnia com ênfase em forragicultura e bovinocultura de corte. Atua principalmente nos seguintes temas: Ecologia de pastagens naturais, manejo de pastagens (naturais e cultivadas) produção animal e vegetal.

Referências

BIN, A. R. O.; SCHERER, M. R.; CARBONERA, R. Qualidade fisiológica de sementes de aveia preta produzidas na região noroeste do RS. IN: COMISSÃO DE PESQUISA DA AVEIA, 38., 2018, Ijuí. Anais[...] Ijuí, Março de 2018. p.416–420.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília, DF, 2009. 399p. (Mapa/ACS, ISBN 978-85-99851-70-8).

BRASIL. Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa Número 44, de 22 de novembro de 2016. Diário Oficial da União, Número 230. ISSN 1677-7042. Brasília, DF. Dezembro de 2016.

CARAMBULA, M. Pasturas Naturales Mejoradas. Montevideo, Uruguay. 1997. 524p. Editorial Agropecuária Hemisfério Sur S.R.L. ISBN: 9974-645-00-X.

MELO, P. T. B. S.; BARROS, C. S. A. Situação da produção de sementes de trevo branco (Trifolium repens L.), cornichão (Lotus corniculatus L.) e Lotus anual (Lotus subbiflorus Lag.) no Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Agrociência, Pelotas, v.11, n.1, p.13-18, 2005.

PESKE, S. T.; BARROS, C. S. A. Produção de Sementes. In: PESKE, S.T.; ROSENTHAL, M.; ROTA, G. (Ed.). Sementes: fundamentos científicos e tecnológicos. Pelotas: UFPel, 1ª edição, 2003. p.12 – 93.

POPINIGIS, F. Fisiologia da semente. 2.ed. Brasília: AGIPLAN, 1985. 289p.

SILVA, G. M. da; MAIA, M. B.; MAIA, M. de S. Qualidade de sementes forrageiras de clima temperado. Bagé, RS: Embrapa Pecuária Sul, Documentos, n.119. EMBRAPA, 2011. 22p.

Downloads

Publicado

2021-04-29

Como Citar

Lopes, C. F., Pinto, C. E., Baldissera, T. C., da Silva, G. M., Gindri, D., & Garagorry, F. C. (2021). A produção de carne e leite a base de pastagens começa por sementes de qualidade. Agropecuária Catarinense, 34(1), 27-30. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/RAC/article/view/763

Edição

Seção

Nota Científica