Estação experimental de Lages, 110 anos de contribuição à agropecuária catarinense

Autores

  • Ulisses de Arruda Córdova Epagri/ Estação Experimental de Lages
  • Vilmar Francisco Zardo Epagri/Estação Experimental de Lages https://orcid.org/0000-0001-7557-2933
  • Cassiano Eduardo Pinto Epagri/Estação Experimental de Lages

Palavras-chave:

Estação Experimental de Lages, Bovinos de corte

Resumo

O artigo aborda o histórico da Estação Experimental de Lages (EEL), desde a criação do Campo Demonstrativo em 1905 e do Posto Zootécnico Federal de Lages em 1912, implantado no mesmo local onde está sediada a Epagri/EEL, razão pela qual está se comemorando os 110 anos de existência. Descreve todas as denominações e instâncias às quais essas instituições estiveram subordinadas. Também relata os primeiros trabalhos, que foram pioneiros no Sul do Brasil e as atividades desenvolvidas no decorrer das décadas. Em 1971 a EEL recebe a denominação atual, subordinada ao Instituto de Pesquisa Agropecuária do Sul (Ipeas), posteriormente Embrapa e Empasc em 1975 e finalmente Epagri em 1991. Descreve a estrutura atual da unidade, como corpo de colaboradores, as áreas que ocupa, edificações, rebanhos e principais área de pesquisa, bem como as parcerias, as estratégias de difusão de conhecimento e as tecnologias geradas nas últimas décadas.

Biografia do Autor

Ulisses de Arruda Córdova, Epagri/ Estação Experimental de Lages

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1983) e mestrado em Agroecossistemas pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996). Atualmente é pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de SC. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em melhoramento e manejo de pastagens naturais, atuando principalmente nos seguintes temas: produção animal, campo nativo, melhoramento de pastagens naturais, manejo de pastagens, espécies forrageiras e desenvolvimento regional.

Vilmar Francisco Zardo, Epagri/Estação Experimental de Lages

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Paraná (1983) e mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989). Pesquisador na Estação Experimental de Lages.

Cassiano Eduardo Pinto, Epagri/Estação Experimental de Lages

Possui graduação em Engenharia  Agrônomica pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2000), mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) e doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Pesquisador na Estação Experimental de Lages.

Referências

Seção Opinião não tem referências.

Downloads

Publicado

2022-08-31

Como Citar

Córdova, U. de A., Zardo, V. F. ., & Pinto, C. E. . (2022). Estação experimental de Lages, 110 anos de contribuição à agropecuária catarinense. Agropecuária Catarinense, 35(2), 5-7. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/1462

Edição

Seção

Opinião