Regeneração de plântulas de Eucalyptus grandis a partir de organogênese direta in vitro

Autores

  • Rafael Augusto Arenhart Embrapa
  • Gilmar Roberto Zaffari Epagri/Estação Experimental de Itajaí

Palavras-chave:

micropropagação, reguladores de crescimento, clonagem.

Resumo

O Eucalyptus grandisé a espécie florestal que está entre as mais cultivadas no Brasil devido a seu rápido crescimento e por apresentar alta qualidade da madeira. Com o objetivo de clonar o E. grandis para a produção de mudas, este trabalho propôs melhorar o protocolo de micropropagação por organogênese direta. Segmentos nodais das plântulas germinadas in vitro foram inoculados em meio de cultura com diferentes níveis de reguladores de crescimento na fase de proliferação e enraizamento. Na fase de proliferação, a adição de reguladores de crescimento não promoveu aumento significativo quanto ao número e à altura de brotos em comparação ao meio de cultura ausente de reguladores. O efeito da adição de ANA e AIB ao meio de cultura
promoveu elevada taxa de enraizamento e crescimento das raízes, porém o aumento da concentração de 0,5 para 1mg/L destes reguladores reduziu o crescimento das raízes. Os resultados deste trabalho evidenciam a possibilidade de micropropagação de Eucalyptus grandis a partir de organogênese direta.

Downloads

Publicado

2021-02-12

Como Citar

Arenhart, R. A., & Zaffari, G. R. (2021). Regeneração de plântulas de Eucalyptus grandis a partir de organogênese direta in vitro. Agropecuária Catarinense, 21(1), 74-78. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/844

Edição

Seção

Artigo Científico

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.