SCS 114 Andosan – primeira variedade mutante de arroz irrigado do Brasil

Autores

  • Takazi Ishiy Epagri/Estação Experimental de Itajaí
  • Moacir Antonio Schiocchet Epagri/Estação Experimental de Itajaí
  • Richard Elias Bacha Epagri/Estação Experimental de Itajaí
  • Dario Alfonso Morel Epagri/Estação Experimental de Urussanga
  • Akihiko Ando Epagri/Estação Experimental de Itajaí
  • Augusto Tulmann Neto Centro de Energia Nuclear na Agricultura
  • Ronaldir Knoblauch Epagri/Estação Experimental de Itajaí

Palavras-chave:

Oryza sativa, mutação induzida, melhoramento genético, raios gama.

Resumo

Na Epagri, o melhoramento de arroz irrigado visa o desenvolvimento de cultivares produtivas, alto rendimento industrial e adequadas propriedades culinárias. Dois métodos mais utilizados são a hibridação controlada entre duas ou mais cultivares e a mutação induzida, que permite criar variabilidade a partir de uma única cultivar. A cultivar SCS 114 Andosan foi desenvolvida através da irradiação com raios gama sobre as sementes da cultivar IR 841. Esta cultivar foi uma das primeiras do tipo moderno cultivadas em Santa Catarina, cuja característica principal era o seu alto potencial produtivo. Entretanto, após alguns anos, tornou-se suscetível à
brusone, além de apresentar baixa qualidade de grãos. A mutante obtida SCS 114 Andosan mostra-se tão produtiva como a variedade original, além de apresentar maior resistência à brusone e qualidade de grãos bem superiores
à variedade IR 841.

Downloads

Publicado

2021-06-23

Como Citar

Ishiy, T., Schiocchet, M. A. ., Bacha, R. E. ., Morel, D. A. ., Ando, A. ., Tulmann Neto, A. ., & Knoblauch, R. . (2021). SCS 114 Andosan – primeira variedade mutante de arroz irrigado do Brasil. Agropecuária Catarinense, 18(3), 87-90. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/986

Edição

Seção

Germoplasma