Correlação do peso de abate de cordeiros com rendimento, peso e compacidade da carcaça

Autores

  • Volney Silveira de Avila
  • Guilherme Caldeira Coutinho Epagri/Estação Experimental de Lages
  • Vilson Korol Epagri/ Esc. Mun. Treze tílias
  • Anildon de Oliveira Ribeiro Epagri/ Esc. Mun. Curitibanos
  • José Luiz Garcia Quadro UFPel/FAEM/DFS
  • Fabricio Afonso Costa

Palavras-chave:

ovino, carcaça, raças.

Resumo

Este trabalho teve o objetivo de avaliar a correlação entre o peso vivo no abate e o peso da carcaça fria, rendimento comercial e compacidade das carcaças de 50 cordeiros machos, castrados, sendo 12 da raça Ille de France, 32 Texel e seis Suffolk, com idade entre 120 e 150 dias, criados em pastagem cultivada perene de inverno. Na média geral, entre os cordeiros das três raças, verificou-se uma correlação linear e positiva do peso vivo no abate com as variáveis analisadas.

Downloads

Publicado

2004-07-03

Como Citar

de Avila, V. S., Coutinho, G. C. ., Korol, V. ., Ribeiro, A. de O. ., Quadro, J. L. G. ., & Costa, F. A. . (2004). Correlação do peso de abate de cordeiros com rendimento, peso e compacidade da carcaça. Agropecuária Catarinense, 17(2), 67-69. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/RAC/article/view/1004

Edição

Seção

Nota Científica