Resposta do milho à adubação nitrogenada quando cultivado em sucessão a plantas de cobertura de inverno, no sistema plantio direto

Autores

  • Carla Maria Pandolfo Epagri/Estação Experimental de Campos Novos
  • Milton da Veiga Epagri/Estação Experimental de Campos Novos
  • Angelo Mendes Massignam Epagri/Estação Experimental de Campos Novos

Palavras-chave:

aveia-preta, centeio, nabo forrageiro, ervilhaca comum, nitrogênio, milho.

Resumo

O milho é uma cultura exigente em nitrogênio (N), e a espécie de planta de cobertura cultivada anteriormente pode afetar a resposta desta cultura à adubação nitrogenada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o rendimento de grãos de milho cultivado em sucessão à aveia-preta, ao centeio, à ervilhaca comum e ao nabo forrageiro em sistema plantio direto, em resposta à adubação nitrogenada, bem como estabelecer as doses de N para a máxima eficiência técnica (MET) e econômica (MEE). Foram conduzidos quatro experimentos nos quais
se testaram doses de N na semeadura (zero, 20, 40 e 80kg/ha) combinadas com doses de N em cobertura (zero, 20, 40 e 80kg/ha). O milho respondeu em termos de rendimento de grãos à dose total de N aplicado, independentemente da cultura antecedente. Para aveia-preta, centeio, ervilhaca comum e nabo forrageiro, as doses de N para a MET foram de 138, 128, 131 e 161kg/ha, respectivamente, e para a MEE foram de 117, 108, 97 e 120kg/ha de N.


Downloads

Publicado

2021-05-27

Como Citar

Pandolfo, C. M., da Veiga, M., & Massignam, A. M. (2021). Resposta do milho à adubação nitrogenada quando cultivado em sucessão a plantas de cobertura de inverno, no sistema plantio direto. Agropecuária Catarinense, 19(3), 79-83. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/949

Edição

Seção

Artigo Científico