SCS423 Bonora: um novo cultivar de pessegueiro

Autores

Palavras-chave:

Baixo frio, Cultivar, Pêssego.

Resumo

Resumo – O cultivar SCS423 Bonora (Registro Nacional de Cultivares n. 33849) foi desenvolvido pelo programa de Melhoramento Genético de Pessegueiro da Epagri, na Estação Experimental de Urussanga. Tem como genitores os cultivares Ouromel 4 e Pampeano. Os frutos são de tamanho médio a grande com polpa firme e formato arredondado. A aparência dos frutos, a coloração branca da polpa e a baixa acidez são características que agradam ao consumidor, fazendo com que este cultivar seja um dos preferidos. Requer aproximadamente 200 horas de frio hibernal com menos de 7,2°C. É indicado para o plantio nas regiões Sul, Alto Vale do Itajaí, Oeste e Extremo Oeste do estado de Santa Catarina. Sua floração é precoce, sendo medianamente resistente à bacteriose (Xanthomonas arborícola pv., Pruni) e ao cancro dos ramos ou cancro de Botriosphera, causado pela Botryosphera spp.

 

Biografia do Autor

Emilio Della Bruna, Epagri/Estação Experimental de Urussanga

Engenheiro-agrônomo, MSc., Epagri/Estação Experimental de Urussanga, e-mail: emilio@epagri.sc.gov.br.

Alexsander Luis Moreto, Epagri/Estação Experimental de Urussanga

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri/Estação Experimental de Urussanga

Marco Antônio Dalbó, Epagri/Estação Experimental de Videira

Engenheiro-agrônomo, PhD., Epagri/Estação Experimental de Videira

Henrique Belmonte Petry, Epagri/Estação Experimental de Urussanga

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri/Estação Experimental de Urussanga

Downloads

Publicado

2017-10-06

Como Citar

Della Bruna, E., Moreto, A. L., Dalbó, M. A., & Petry, H. B. (2017). SCS423 Bonora: um novo cultivar de pessegueiro. Agropecuária Catarinense, 30(2), 54-56. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/197

Edição

Seção

Germoplasma