Produção, teores de macro e micronutrientes e elementos-traço na erva-mate cultivada com uso de humoativo e cinza leve de biomassa

Autores

  • Gilson José Marcinichen Gallotti Epagri/Estação Experimental de Canoinhas
  • Gilcimar Adriano Vogt Epagri- Estação Experimental de Canoinhas
  • José Alfredo da Fonseca Professor Uniguaçú
  • Ana Lúcia Hanisch Epagri- Estação Experimental de Canoinhas

Resumo

Resumo – O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação do humoativo e da cinza leve de biomassa sobre a produção, teores de macro e micronutrientes e elementos-traço nas folhas (produto comercial) de erva-mate. Foi conduzido experimento no período de 21/11/2011 a 16/7/2014. As avaliações foram realizadas no final do primeiro e terceiro ciclo. As médias da massa verde comercial (folhas e ramos finos) (1.992g planta-1), da massa de ramos não comerciais (ramos descartados) (642g planta-1), a altura média (201cm) e o diâmetro da copa (120cm) não foram influenciados pelas adubações testadas. Os resultados indicam que o cultivo da erva-mate, em áreas de caíva, com solos tendo altos teores de matéria orgânica, não responde à aplicação de adubação na cova com humoativo e também com as diferentes combinações de adubações de cobertura, do plantio até o primeiro corte comercial. Nas folhas, os teores de elementos-traço mantiveram-se, em níveis abaixo daqueles permitidos pela legislação vigente: Cd, Hg, Se, As e Pb (˂2,0, ˂0,01, ˂4,0, ˂2,0 e ˂2,0 (unidade, respectivamente), Cr entre 0,53 a 2,0 (unidade) e Ni com valores variando entre 1,0 a 2,0 (unidade).

Abstract - The objective of this study was to evaluate the effect of the application of active humus and light gray on biomass production, macro and micronutrients and trace elements in leaves (commercial product) of yerba mate. An experiment was conducted in the period 11/21/2011 to 7/16/2014. The evaluations were performed at the end of the first and third cycle. The average commercial green mass (leaves and thin branches) (1.992g plant-1), the mass of non-commercial branches (discarded branches) (642g plant-1), the average height (201cm) and the crown diameter (120cm) were not influenced by the tested fertilization. Results indicate that the cultivation of yerba mate in areas caíva with soils with high organic matter content, does not respond to the application of manure in the pit with active humus and also with different combinations of coverage fertilizations, from planting to the first commercial court. The trace elements concentrations in leaves remained at levels below those allowed by law: Cd, Hg, Se, As and Pb (˂2.0, ˂0.01, ˂4.0, ˂2.0 ˂2.0 (unit, respectively), Cr between 0.53 to 2.0 (unit) and Ni with values ranging from 1.0 to 2.0 (unit).

Biografia do Autor

Gilson José Marcinichen Gallotti, Epagri/Estação Experimental de Canoinhas

Engenheiro-agrônomo, M.Sc., Estação Experimental de Canoinhas (Epagri/EECan), C.P. 216, 89460-000 Canoinhas, SC, fone: (47) 36274199, e-mail: gallotti@epagri.sc.gov.br

Gilcimar Adriano Vogt, Epagri- Estação Experimental de Canoinhas

Engenheiro-agrônomo, M.Sc., Estação Experimental de Canoinhas (Epagri/EECan), C.P. 216, 89460-000 Canoinhas, SC, fone: (47) 36274199, e-mail: gilcimar@epagri.sc.gov.br

Ana Lúcia Hanisch, Epagri- Estação Experimental de Canoinhas

Engenheira-agrônoma, M.Sc., Estação Experimental de Canoinhas (Epagri/EECan), C.P. 216, 89460-000 Canoinhas, SC, fone: (47) 36274199, e-mail: analucia@epagri.sc.gov.br.

Downloads

Publicado

2017-05-03

Como Citar

Marcinichen Gallotti, G. J., Vogt, G. A., Fonseca, J. A. da, & Hanisch, A. L. (2017). Produção, teores de macro e micronutrientes e elementos-traço na erva-mate cultivada com uso de humoativo e cinza leve de biomassa. Agropecuária Catarinense, 30(1), 73-78. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/21

Edição

Seção

Artigo Científico