Sobre a Revista

Foco e Escopo

A Revista Agropecuária Catarinense (RAC) é editada desde março de 1988 pela Epagri. A revista está disponível on-line desde 2016 via sistema OJS, sendo que estão disponíveis as revistas publicadas no período 2010-2020. A RAC tem periodicidade quadrimestral e publica trabalhos técnico-científicos sobre temas originais em pesquisa agropecuária e extensão rural e pesqueira. O público alvo é composto por pesquisadores, extensionistas, professores, estudantes de graduação e pós-graduação e profissionais de ciências agrárias e correlatas. 

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos são revisados por três avaliadores no sistema Blind Review, ou avaliação cega, e em caso de dúvidas os editores técnicos consultam o Comitê de Publicações da revista.

O Comitê de Publicações é composto de especialistas nas diversas áreas de conhecimento das ciências agrárias e é formado por representantes (titular e suplente) das Unidades de Pesquisa da Epagri. Além do Comitê, eventualmente são consultados revisores externos à instituição. O Comitê de Publicações se reúne quadrimestralmente para discutir assuntos pendentes da revista, tais como: correções de artigos, estratégias da revista, normas editorais de publicação.

O Conselho Editorial é composto de consultores especialistas internos e externos à Epagri oriundos de diversas instituições de pesquisa e ensino do Brasil e exterior. Cabe ao Conselho Editorial definir ações estratégicas e, eventualmente, resolver questões que exijam decisões que o Comitê de Publicações tem dificuldades em solucionar. 

Periodicidade

A revista Agropecuária Catarinense (RAC) é quadrimestral, com publicação normalmente nos meses de abril, agosto e dezembro.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização do conhecimento.

Sponsors

A RAC é patrocinada pela Epagri e eventualmente recebe apoio financeiro de outras instituições governamentais.

Os autores, em nota de rodapé logo acima da titulação, no manuscrito submetido à RAC, poderão mencionar os patrocinadores e/ou o número do convênio que financiou a pesquisa, ou parte dela, que deu origem ao artigo. 

Fontes de Apoio

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), através de financiamento aos projetos de pesquisa da Epagri, contribui ou apoia indiretamente a revista Agropecuária Catarinense. Eventualmente outas instituições tais como Ministério Público Estadual e bancos de fomento, ou programas estaduais de governo como o SC-Rural, também prestam apoio financeiro ao periódico.

Histórico do periódico

A Revista Agropecuária Catarinense (RAC) teve seu lançamento em março de 1988 pela ex-EMPASC, Empresa de Pesquisa Agropecuária de Santa Catarina, com o objetivo de registrar e divulgar os resultados da pesquisa agropecuária catarinense a um público técnico. Desde então já passou por muitas transformações: saiu dos tipos e chegou aos "bytes", levando sempre em frente a bandeira da inovação.

 

Capa da primeira RAC de março de 1988 

 

A criação da Epagri, em 1991, uniu os trabalhos da pesquisa à extensão rural e pesqueira e ao setor apícola do Estado, ampliando assim também a abrangência dos assuntos da RAC, diversificando sua linha editorial, que passou a focar os trabalhos nas cadeias produtivas em todos os seus elos.

A ampliação também se deu com o seu público, que além dos pesquisadores, os professores e estudantes, a RAC passou a contar com os agentes de extensão rural do Estado, os produtores rurais, os empreendedores da área agrícola e as lideranças do meio; enfim, todas as pessoas com interesse em artigos científicos, informativos técnicos, reportagens ou matérias relacionadas à agropecuária catarinense e brasileira.