Novos cultivares de aipim: SCS256 Seleto, SCS257 Estação EEI, SCS258 Peticinho e SCS259 Diamante

Autores

  • Euclides Schallenberger Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)
  • José Angelo Rebelo Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)
  • Rafael Ricardo Cantú Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)
  • Rafael Gustavo Ferreira Morales Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)
  • Enilto de Oliveira Neubert Epagri / Estação Experimental de Urussanga (EEUr)
  • Alexsander Luis Moreto Epagri / Estação Experimental de Urussanga (EEUr)

Palavras-chave:

Manihot esculenta Crantz, Mandioca de mesa, pesquisa participativa, Avaliação de genótipos

Resumo

Resumo – Quatro cultivares de aipim (Manihot esculenta Crantz) foram obtidos por meio de processo de seleção de genótipos superiores realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), na Estação Experimental de Itajaí (EEI) em parceria com a Estação Experimental de Urussanga (EEUr). A etapa final de seleção dos genótipos elite foi realizada pelo método de pesquisa participativa em seis municípios de Santa Catarina, envolvendo produtores de aipim, extensionistas rurais, técnicos municipais e agroindústrias processadoras dessa hortaliça. Buscou-se selecionar genótipos com características desejáveis para produtores e agroindústrias, tais como: facilidade de descascamento, tempo de cozimento, produtividade e sabor das raízes. Considerando as características supracitadas, foram selecionados os genótipos que vieram a ser nomeados como ‘SCS256 Seleto’ e ‘SCS257 Estação EEI’, que possuem polpa branca, e ‘SCS258 Peticinho’ e ‘SCS259 Diamante’, com polpa amarela. Os quatro cultivares são recomendados, principalmente, para o cultivo em sistema orgânico de produção no estado de Santa Catarina.

 

Biografia do Autor

Euclides Schallenberger, Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI).

José Angelo Rebelo, Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri/EEI.

Rafael Ricardo Cantú, Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri/EEI.

Rafael Gustavo Ferreira Morales, Epagri/Estação Experimental de Itajaí (EEI)

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri/EEI.

Enilto de Oliveira Neubert, Epagri / Estação Experimental de Urussanga (EEUr)

Engenheiro-agrônomo, M.Sc., Epagri / Estação Experimental de Urussanga (EEUr).

Alexsander Luis Moreto, Epagri / Estação Experimental de Urussanga (EEUr)

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri/EEUr.

Referências

CONCEIÇÃO, A.J. A mandioca. São Paulo, SP. Nobel, 1981, 382p.

CREPALDI, I.C. Origem, evolução e geografia da mandioca: uma revisão. Sitientibus, Feira de Santana, n.10, p.89-94, jul./dez. 1992.

EPAGRI. Levantamento da produção de hortaliças na Grande Florianópolis. Florianópolis, SC: Epagri, 2010. 12p.

FUKUDA, W.M.G.; BORGES, M. de F. Avaliação qualitativa de cultivares de mandioca de mesa. Revista Brasileira de Mandioca, Cruz das Almas, v.7, n.1, p.63-71, 1988.

LORENZI, J.O. Variação na qualidade culinária das raízes de mandioca. Bragantia, Campinas, v.53, n.2, p.237-245, 1994.

LORENZI, J.O.; VALLE, T.L.; MONTEIRO, D.A. Variedades de mandioca para o estado de São Paulo. Campinas: IAC, 1996, 58p. (Boletim Técnico , 162).

MARSCHALEK, R.; FUKUDA, W.M.G.; POLA, A.C.; IGLESIAS, C.; TERNES, M.; MIURA, L.; ENDER, M. Germoplasma de mandioca (Manihot Esculenta Crantz) em Santa Catarina. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MANDIOCA, 10., 1999. Anais. Manaus, AM: Sociedade Brasileira de Mandioca, 1999. p.32.

MORETO, A.L.; NEUBERT, E.O. Avaliação de produtividade e cozimento de cultivares de mandioca de mesa (aipim) em diferentes épocas de colheita. Agropecuária Catarinense, Florianópolis, v.27, n.1, p.59-65, 2014.

PEREIRA, A.S; NERY, J; IGUE, T. 1965. Seleção de novos clones de mandioca para mesa, pela toxicidade e paladar de suas raízes in natura. Bragantia, 24: LV-LVIII, 1965.

PEREIRA, A.S.; LORENZI, J.O.; VALLE. T.L. Avaliação do tempo de cozimento e padrão de massa cozida em mandioca de mesa. Revista

Brasileira de Mandioca, Cruz das Almas, v.4, n.1, p.27-32, 1985.

RIBEIRO FILHO, J. Cultura da mandioca. Viçosa. Escola Superior de Agricultura, 1976. 80p.

SCHALLENBERGER, E.; REBELO, J.A.; CANTÚ, R.R.; TERNES, M. Seleção de variedades de hortaliças: uma proposta metodológica de pesquisa participativa. Agropecuária Catarinense, v.24, n.3, p.55-58, 2011.

SCHMIDT, C.B. A mandioca: contribuição para o conhecimento da sua origem. Boletim de Agricultura, São Paulo, 52, p.53-128, 1951.

Downloads

Publicado

2017-10-26

Como Citar

Schallenberger, E., Rebelo, J. A., Cantú, R. R., Morales, R. G. F., Neubert, E. de O., & Moreto, A. L. (2017). Novos cultivares de aipim: SCS256 Seleto, SCS257 Estação EEI, SCS258 Peticinho e SCS259 Diamante. Agropecuária Catarinense, 29(1), 58-62. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/92

Edição

Seção

Germoplasma