Atributos físicos de um Latossolo Vermelho após dez anos de manejo com sistemas de rotação de culturas

Autores

  • Milton da Veiga Epagri/Estação Experimental de Campos Novos
  • Leandro do Prado Wildner Epagri/Cepaf
  • Carla Maria Pandolfo Epagri/ EE Campos Novos

Palavras-chave:

Estabilidade de agregados, densidade do solo, porosidade, resistência à penetração, condutvidade hidráulica saturada

Resumo

A rotação de culturas e as plantas de cobertura do solo podem apresentar efeitos diretos ou indiretos sobre os atributos fsicos do solo. Para estudar esses efeitos, foram realizadas análises fsicas em amostras de solo coletadas no início do décimo primeiro ano de condução de um experimento com sistemas de rotação de culturas, usando como testemunha o solo mantdo contnuamente sem vegetação. Foram determinadas a condutvidade hidráulica saturada e os atributos de agregação e de estabilidade de agregados em amostras coletadas com estrutura preservada em duas camadas; bem como densidade,
resistência à penetração e porosidade do solo em amostras coletadas em quatro camadas. Também foram determinadas correlações e regressões simples entre atributos químicos e fsicos do solo. Os sistemas de rotação de cultura apresentam, na camada superfcial do solo, menor densidade e maior estabilidade de agregados, maior porosidade total e volume de
microporos do que a testemunha, o que está relacionado ao maior aporte de material orgânico. Por outro lado, não alteram a condutvidade hidráulica saturada, o volume de macroporos e a resistência à penetração do solo em todas as camadas amostradas.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

da Veiga, M., Wildner, L. do P., & Pandolfo, C. M. (2020). Atributos físicos de um Latossolo Vermelho após dez anos de manejo com sistemas de rotação de culturas. Agropecuária Catarinense, 27(3), 68-73. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/562

Edição

Seção

Artigo Científico