Flutuação populacional de mariposas da lagarta-boiadeira, Nymphula spp., em lavoura de arroz irrigado

Autores

  • Eduardo Rodrigues Hickel Epagri/Estação Experimental de Itajaí

Palavras-chave:

Ecologia, dinâmica populacional, Nymphula depunctalis, Nymphula indomitalis, Oryza satva

Resumo

A flutuação populacional de mariposas da lagarta-boiadeira, Nymphula spp. (Lepidoptera: Pyralidae), em lavouras de arroz irrigado em Santa Catarina não é conhecida. Isso difculta o desenvolvimento e a adoção de novas estratégias para o manejo de pragas, como também a racionalização da aplicação de insetcidas para controle. Dessa forma, objetvou-se monitorar a ocorrência de mariposas da lagarta-boiadeira visando conhecer a flutuação populacional e determinar as épocas
de movimentação desses insetos nas lavouras. Três armadilhas luminosas, modelo “Luiz de Queiroz”, foram instaladas em área
de cultvo de arroz irrigado na Epagri/Estação Experimental de Itajaí, SC. De agosto de 2008 a abril de 2013, as armadilhas foram ligadas das 16h às 9h uma vez por semana, exceto de maio a agosto de cada ano, quando se adotou um esquema quinzenal de amostragem. O crescimento populacional de adultos de Nymphula spp. passa a ser contnuo a partr do segundo decêndio de setembro, decaindo somente entre fevereiro e março. Essas mariposas ocorrem em lavoura de arroz irrigado com
maior intensidade entre dezembro e fevereiro.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

Hickel, E. R. (2020). Flutuação populacional de mariposas da lagarta-boiadeira, Nymphula spp., em lavoura de arroz irrigado. Agropecuária Catarinense, 27(3), 74-77. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/563

Edição

Seção

Artigo Científico