Produtividade de tomate em função de doses de fósforo

Autores

  • Siegfried Siegfried Mueller Epagri/Estação Experimental de Caçador
  • Anderson Fernando Wamser Epagri/EE Caçador
  • Atsuo Suzuki Epagri/EE Caçador
  • Walter Ferreira Becker Epagri/EE Caçador

Palavras-chave:

Solanum lycopersicum L., adubação fosfatada, nutrição de plantas

Resumo

Objetvou-se estudar cinco níveis de adubação fosfatada em solos com alto e com baixo teor de P sobre a produtvidade e a qualidade do tomate. Realizaram-se, nos anos agrícolas 2007/08 e 2008/09, dois experimentos em campo em sistema de planto direto sobre aveia. Utlizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com cinco repetções. Os tratamentos foram doses
de P2O5 (0, 250, 500, 750 e 1000 kg ha-1), aplicados no planto na forma de superfosfato triplo. Para a produtvidade total, comercial e extra AA houve efeito quadrátco em resposta a doses de P aplicadas nas duas colheitas. As METs de produtvidade comercial foram alcançadas com 850 e 885 kg ha-1 de P2O5, e as MEEs com 710 e 827 kg ha-1 de P2O5 para os anos agrícolas de
2007/08 e 2008/09 respectvamente. A massa média dos frutos comerciais e frutos extra AA mostrou apenas efeito de doses de P2O5 em 2008/09, ou seja, quando o solo contnha baixos níveis de P.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

Siegfried Mueller, S., Wamser, A. F., Suzuki, A., & Becker, W. F. (2020). Produtividade de tomate em função de doses de fósforo. Agropecuária Catarinense, 27(3), 89-92. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/566

Edição

Seção

Artigo Científico