Controle da broca-das-axilas (Crocidosema aporema) (Lepidoptera: Tortricidae) em soja cultivada

Autores

  • Gilvane Luis Jakoby Udesc/Centro de Ciências Agroveterinárias
  • maria Inês Carissimi Boff Udesc/Centro de Ciências Agroveterinárias
  • Murilo Correa Marcon Udesc/Centro de Ciências Agroveterinárias
  • Marcelo Zanelato Nunes Udesc/Centro de Ciências Agroveterinárias
  • Pedro Boff Epagri/Estação Experimental de Lages

Palavras-chave:

Azadiractha indica, nosódio, homeopatia, agricultura orgânica

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar a eficácia de produtos alternativos aos inseticidas químicos no controle da broca-das-axilas em soja. O experimento foi conduzido na Epagri/Estação Experimental de Lages, SC. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições e sete tratamentos: Óleo de nim 1%, 3% e 5%, Dipel ® 0,5 e 0,7L/ha, nosódio da broca-das-axilas 10ml/L e testemunha sem intervenção. O óleo de nim apresentou os melhores resultados para o controle da broca-das-axilas, porém, nas duas maiores concentrações causou efeitos fitotóxicos nas plantas de soja. Bacillus thuringienses não apresentou eficácia de controle satisfatória. O tratamento com nosódio não diferiu da testemunha em nenhuma época avaliada.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

Jakoby, G. L., Boff, maria I. C., Marcon, M. C., Nunes, M. Z., & Boff, P. (2020). Controle da broca-das-axilas (Crocidosema aporema) (Lepidoptera: Tortricidae) em soja cultivada. Agropecuária Catarinense, 23(2), 92-95. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/734

Edição

Seção

Nota Científica