Variedades de milho de polinização aberta SCS155 Catarina e SCS156 Colorado para a agricultura familiar

Autores

  • Estanislao Díaz Dávalos Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Cepaf)
  • Gilcimar Adriano vogt Epagri/Estação experimental de Canoinhas

Palavras-chave:

Milho, variedade de polinização aberta, indicação

Resumo

Os híbridos em geral são mais exigentes em relação à aplicação de tecnologia, como correção de acidez de solo, utilização de nutrientes, bom suprimento de umidade no solo. Entretanto, a maioria dos pequenos agricultores não dispõe de recursos financeiros para aplicar a tecnologia exigida para explorar o potencial genético dos híbridos, prejudicando o rendimento da cultura e, consequentemente, obtendo baixa remuneração em sua atividade produtiva. Uma das alternativas viáveis para a realidade dos pequenos produtores é a utilização de variedades de polinização aberta. Com bases nessa fundamentação, a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) vem trabalhando com o melhoramento genético de milho visando à criação de variedade de milho de polinização aberta para utilização na pequena propriedade. Assim sendo, este trabalho resultou na criação de mais duas variedades de milho de polinização aberta, denominadas SCS155 Catarina e SCS156 Colorado, inscritas no Registro Nacional de Cultivares (RNC) do Ministério de Agricultura. Juntamente com as variedades SCS153 Esperança e SCS154 Fortuna, elas estão sendo disponibilizadas para os produtores da agricultura familiar.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

Dávalos, E. D., & vogt, G. A. (2020). Variedades de milho de polinização aberta SCS155 Catarina e SCS156 Colorado para a agricultura familiar. Agropecuária Catarinense, 23(3), 78-81. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/746

Edição

Seção

Germoplasma