Modelo de previsão da mancha da gala na macieira baseado na temperatura e na duração do molhamento foliar

Autores

  • Yoshinori Katsurayama Epagri/Estação Experimental de São Joaquim
  • José Itamar da Silva Boneti Epagri/Estação Experimental de São Joaquim

Palavras-chave:

Malus domestica, Colletotrichum gloeosporioides, epidemiologia, previsão da doença

Resumo

Visando desenvolver um modelo de previsão da mancha da gala (Colletotrichum gloeosporioides), em casa de vegetação, em mudas de macieira com apenas uma haste, da cultivar Gala, foram inoculadas com suspensão de 1 x 106 conídios/ml de C. gloeosporioides e depois mantidas em câmara de inoculação a 12, 14, 16, 18, 20, 22, 24 e 26ºC (> 98% de umidade relativa do ar, no escuro) durante 8, 10, 12, 18, 24, 30, 36, 42, 48, 54, 60, 66, 72 e 96h. Foram, então, transferidas para uma sala de crescimento (14h de fotófase) nas mesmas temperaturas da inoculação. Pela interação entre o período de molhamento foliar e as diferentes temperaturas foi possível estabelecer uma superfície de resposta como modelo para estimar a severidade da mancha da gala, cuja equação resultante é: Y = -91,497 + (7,851 x T) + (0,243 x PMF) + (-0,177 x T x T) + (0,021 x T x PMF) + (-0,002 x PMF x PMF), onde T = temperatura (ºC) e PMF = período de molhamento foliar (h).

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

Katsurayama, Y., & Boneti, J. I. da S. (2020). Modelo de previsão da mancha da gala na macieira baseado na temperatura e na duração do molhamento foliar. Agropecuária Catarinense, 23(3), 82-84. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/748

Edição

Seção

Nota Científica