Primeiro registro da ocorrência de sarna em pereira japonesa em Santa Catarina, Brasil

Autores

  • walter Ferreira Becker Epagri/Estação Experimental de Caçador

Palavras-chave:

Pyrus pirifolia var. culta, Fusicladium sp., Venturia nashicola, pêra, Housui, Bartlett

Resumo

Na primavera de 2003, uma doença causando pequenas manchas verde-oliva foi encontrada em folhas e frutos de pêra japonesa (Pyrus pyrifolia var. culta) de dois pomares comerciais localizados nos municípios
de Caçador e Frei Rogério. Em 2004, sintomas idênticos foram observados em um pomar de Campo Belo do Sul. Os conídios coletados de folhas com sintomas, em pêra japonesa cv. Housui, foram identificados como Fusicladium sp. A resposta da inoculação artificial com conídios coletados de folhas infectadas da cv. Housui foi positiva apenas para a cultivar de pêra japonesa desta cultivar e negativa para a pêra européia cv. Bartlett. Devido à especificidade do agente causal da sarna sobre a pereira japonesa e às dimensões dos conídios, registrou-se esta
ocorrência como relacionada a Venturia nashicola. Este é o primeiro registro em Santa Catarina e no Brasil da ocorrência da sarna em pereira japonesa, que é uma doença economicamente importante para esta cultura.

Downloads

Publicado

2021-04-09

Como Citar

Becker, walter F. (2021). Primeiro registro da ocorrência de sarna em pereira japonesa em Santa Catarina, Brasil. Agropecuária Catarinense, 20(3), 85-87. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/910

Edição

Seção

Nota Científica