Alteração de atributos químicos do solo pela utilização prolongada de esterco de suínos no sistema plantio direto

Autores

  • Eloi Erhard Scherer Epagri/Cepaf
  • Ivan Tadeu Baldissera Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar
  • Cristiano Nunes Nesi Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar

Palavras-chave:

adubação, dejetos animais, Latossolo, dinâmica de nutrientes.

Resumo

Este trabalho é baseado em dois experimentos de campo, conduzidos na Região Oeste de Santa Catarina, com utilização de esterco de suínos e adubo nitrogenado em milho no sistema plantio direto. Para o estudo foram coletadas amostras de solo nas profundidades de zero a 5, 5 a 10 e 10 a 20cm, com o objetivo de avaliar o efeito da adubação com esterco (zero, 40 e 115m3/ha) e nitrogênio (zero, 60 e 120kg/ha) nas características químicas do solo. A utilização de esterco de suínos em aplicação superficial, no sistema plantio direto, afeta as características do solo principalmente na camada de zero a 5cm. A sua utilização por um período de três a quatro anos na adubação do milho afetou os teores de matéria orgânica, CTC e fósforo disponível na camada superficial
do solo. As alterações observadas foram proporcionais à dose aplicada. Os teores de K, Ca, Mg e Al trocáveis e o pH não foram afetados pela aplicação de esterco e adubo nitrogenado. O fósforo teve pouca mobilidade e acumulou-se em maiores quantidades na camada de zero a 5cm.

Downloads

Publicado

2021-05-27

Como Citar

Scherer, E. E., Baldissera, I. T., & Nesi, C. N. . (2021). Alteração de atributos químicos do solo pela utilização prolongada de esterco de suínos no sistema plantio direto. Agropecuária Catarinense, 19(2), 80-84. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/936

Edição

Seção

Artigo Científico