Critérios para transporte e utilização dos suínos na agricultura

Autores

  • Eloi Erhard Scherer Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar – Cepaf

Palavras-chave:

fertilizante orgânico, nutriente, recomendação de uso.

Resumo

A utilização do esterco de suínos como fonte de nutrientes para as plantas tem sido vista como a forma mais viável de sua reciclagem agrícola. O presente estudo teve como objetivo avaliar a economicidade do transporte e a utilização do esterco de suínos como fertilizante. No estudo, foram utilizadas análises de 98 amostras de dejetos suínos coletadas em esterqueiras da Região Oeste de Santa Catarina. Com base no teor médio de matéria seca e de nutrientes encontrados nas amostras analisadas, a distância máxima de transporte dos dejetos foi de 30km. Porém, quando se aumenta o teor de matéria seca dos dejetos de 3% para 6%, a distância de transporte aumenta de 30 para 84km, ampliando a área de abrangência de seu uso como fertilizante economicamente viável. A redução do volume de água adicionada aos dejetos suínos viabiliza, de forma econômica, o transporte e a reciclagem dos mesmos na agricultura.

Downloads

Publicado

2021-06-23

Como Citar

Scherer, E. E. (2021). Critérios para transporte e utilização dos suínos na agricultura. Agropecuária Catarinense, 18(1), 62-67. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/955

Edição

Seção

Artigo Científico