Infestação de moscas-das-frutas e sua relação com os compostos fenólicos de frutos de mirtáceas nativas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52945/rac.v35i1.1228

Palavras-chave:

Anastrepha, Myrtaceae, atratividade

Resumo

Frutos de mirtáceas nativas possuem substâncias voláteis que favorecem a atratividade das fêmeas de moscas-das-frutas (Anastrepha spp.) à oviposição, podendo influenciar nos níveis de infestação da praga. O trabalho objetivou avaliar a correlação entre a infestação de moscas-das-frutas do gênero Anastrepha e os compostos fenólicos totais da casca (CFTC) de frutos de mirtáceas nativas. O estudo foi conduzido nas safras 2018/2019 e 2019/2020, em municípios da região do Alto Vale do Rio do Peixe, em Santa Catarina. Os índices de infestação de moscas-das-frutas foram obtidos através do número de pupários por fruto e do número de pupários por peso de frutos. Para avaliar esses índices foram utilizados 200 e 150 frutos/espécie frutífera/local, nas safras 2018/2019 e 2019/2020, respectivamente. A quantificação dos CFTC foi feita a partir de amostras de 50 frutos/espécie frutífera/local, usando-se o método de Folin-Ciocalteu. Verificou-se que os CFTC dos frutos estão positivamente correlacionados aos maiores índices de infestação das moscas-das-frutas do gênero Anastrepha em mirtáceas nativas na região do Alto Vale do Rio do Peixe, em Santa Catarina.

Biografia do Autor

Janaína Pereira dos Santos, Epagri/Estação Experimental de Caçador

Possui graduação em Agronomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2001), Mestrado (2005) e Doutorado (2013) em Fitotecnia/Entomologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Desde 2004 atua como Pesquisadora na Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A., Estação Experimental de Caçador, SC. Desde 2006 atua como professora na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP (anteriormente Fundação Universidade do Contestado). Pesquisadora colaboradora e participante de vários projetos de pesquisa multiinstitucionais entre EPAGRI, EMBRAPA, UDESC, UFRGS entre outras. 

Alexandre Carlos Menezes-Netto, Epagri/Estação Experimental de Videira

Engenheiro-agrônomo pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (2008). Mestre e Doutor em Entomologia Agrícola pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”/Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (2010 e 2014). Pesquisador da Epagri na Estação Experimental de Videira. Atua no Manejo Integrado de Pragas de Frutíferas de Clima Temperado, com ênfase nas culturas do pessegueiro, ameixeira e videira.

Andressa Ana Ansiliero, Uniarp

Engenheira-agrônoma pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (2018). Mestranda em Ecossistemas Agrícolas pela Universidade Federal de Santa Catarina (2021/2022) e pós-graduação em Biotecnologia Ambiental na modalidade latu sensu pelo Centro de Ensino Superior de Maringá (2020). Atua como técnica de laboratório na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe.

Simone Silmara Werner, UFSC

Graduada em Matemática (licenciatura) pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2007) e em Ciências Biológicas/ Biotecnologia pela Universidade Paranaense (2006). Doutora em Ciências/Estatística e Experimentação Agrícola pela Universidade de São Paulo (2013). Atuou como pesquisadora na Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio do Paraná  e na Epagri/Estação Experimental de Lages. Desde 04/2022 atua como professora do magistério superior na Universidade Federal de Santa Catarina.

Juracy Caldeira Lins Junior, Epagri/Estação Experimental de Caçador

Engenheiro-agrônomo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2007). Mestre e Doutor em Entomologia pela Universidade Federal de Lavras (2010 e 2014). Pesquisador da Epagri, na Estação Experimental de Caçador e professor na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Caçador/SC). Atua na área de Agronomia, com ênfase em Entomologia Agrícola.

Referências

ALUJA, M.; ARREDONDO, J.; DÍAZ-FLEISCHER, F.; BIRKE, A.; RULL, J.; NIOGRET, J.; EPSKY, N. Susceptibility of 15 mango (Sapindales: Anacardiaceae) cultivars to the attack by Anastrepha ludens and Anastrepha obliqua (Diptera: Tephritidae) and the role of underdeveloped fruit as pest reservoirs: management implications. Journal of Economic Entomology, Laham, v.107, n.1, p.375-388, 2014. DOI: https:// doi.org/10.1603/ec13045.

ANGELO, P.M.; JORGE, N. Compostos fenólicos em alimentos – Uma breve revisão. Revista do Instituto Adolfo Lutz, São Paulo, v. 66, n.1, p.1-9, 2007.

AZEVEDO, F.R.; SANTOS, C.A.M.; NERE, D.R.; MOURA, E. da S.; AZEVEDO, R. Influência da cor e forma dos frutos artificiais e quadrantes da copa da goiabeira sobre a atração de Anastrepha spp. para oviposição. Revista Científica Eletrônica de Agronomia, Garça, v.23, n.1, p.34-45, 2013. DOI: https:// doi.org/10.13140/RG.2.1.5184.5284.

BISOGNIN, M.; NAVA, D.E.; DIEZ-RODRÍGUEZ, G.I.; VALGAS, R.A.; GARCIA, M.S.; KROLOW, A.C.R. ANTUNES, L.E.C. Development of Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae) related to the phenology of blueberry, blackberry, strawberry guava, and surinam cherry fruits. Journal of Economic Entomology, Lanham, v.108, n.1, p.192-200, 2015.DOI: https:// doi.org/10.1093/jee/tou002.

CARVALHO, C.A.L., SANTOS, W.S.; DANTAS, A.C.V.L.; MARQUES, O.M.; PINTO, W.S. Mosca-das-frutas e parasitoides associados a frutos de cajazeiras em Presidente Tancredo Neves – Bahia. Magistra, Cruz das Almas, v.16, v.2, p.85-90, 2004.

CORNELIUS, M.L.; DUAN, J.J.; MESSING, R.H. Volatile host fruit odors as attractants for the oriental fruit fly (Diptera: Tephritidae). Journal of Economic Entomology, Laham, v.93, n.1, p.93-100, 2000. DOI: https:// doi.org/10.1603/0022-0493-93.1.93.

GENOVESE, M.I.; SANTOS, R.J.; HASSIMOTTO, N.M.A.; LAJOLO, F.M. Determinação do conteúdo de fenólicos totais em frutas. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, São Paulo, v 39, n.3, p.167-169, 2003.

GONZÁLEZ, R.; TOLEDO, J.; CRUZ-LOPEZ, L.; VIRGEN, A.; SANTIESTEBAN, A.; MALO, E.A. A new blend of white sapote fruit volatiles as potential attractant to Anastrepha ludens (Diptera: Tephritidae). Journal of Economic Entomology, Laham, v.99, n.6, p.1994-2001, 2001. DOI: https:// doi.org/10.1603/0022-0493-99.6.1994.

GREGÓRIO, P.L.F., SANT’ANA, J.; REDAELLI, L.R. Percepção química e visual de Anastrepha fraterculus (Diptera, Tephritidae) em laboratório. Iheringia, Série Zoologia, Porto Alegre, v.100, n.2, p.128-132, 2010. DOI: https:// doi.org/10.1590/S0073-47212010000200007.

HAIDA, K.S.; HAAS, J.; MELLO, S.A.; HAIDA, K.S.; ABRÃO, R.M.; SAHD, R. Compostos fenólicos e atividade antioxidante de goiaba (Psidium guajava L.) fresca e congelada. Revista Fitos, Rio de Janeiro, v.9, n.1, p.37-44, 2015. DOI: https:// doi.org/10.5935/2446-4775.20150004.

IGNAT, I.; VOLF, I.; POPA, V.I. A critical review of methods for characterization of polyphenolic compounds in fruits and vegetables. Food Chemistry, Barking, v. 126, n. 4, p. 1821-1835, 2011. DOI: https:// doi.org/10.1016/j.foodchem.2010.12.026.

JALEEL, W.; HE, Y.; LÜ, L. The response of two Bactrocera species (Diptera: Tephritidae) to fruit volatiles. Journal of Asia-Pacific Entomology, Seongbuk-gu, v.22, n.3, p.758–765, 2019. DOI: https:// doi.org/10.1016/j.aspen.2019.05.011.

JOACHIM-BRAVO, I.S.; GUIMARÃES, A.N.; MAGALHÃES, T.C. Influência de substâncias atrativas no comportamento alimentar e na preferência de oviposição de Ceratitis capitata (Diptera: Tephritidae). Sitientibus, Série Ciências Biológicas, Feira de Santana, v.1, n.1, p.60-65, 2001.

KOVALESKI, A.; SUGAYAMA, R.L.; MALAVASI, A. Movement of Anastrepha fraterculus from native breeding sites into apple orchards in Southern Brazil. Entomolo¬gia Experimentalis et Applicata, Dordrecht, v.91, p.457-463, 1999. DOI: https:// doi.org/10.1046/j.1570-7458.1999.00514.x.

MALAVASI, A.; BARROS, M. D. Comportamento sexual e de oviposição em moscas-das-frutas (Tephritidae). In: ENCONTRO SOBRE MOSCAS-DAS-FRUTAS, 1., 1987, Campinas. Anais[...] Campinas: Fundação Cargill, 1988. p. 25-53.

MALO, E.A.; CRUZ-LÓPEZ, L.; TOLEDO, J.; DEL MAZO, A.; VIRGEN, A.; ROJAS, J.C. Behavioral and electrophysiological responses of the mexican fruit fly (Diptera: Tephritidae) to guava volatiles. Florida Entomologist, Gainesville, v.88, n.4, p.364-371, 2005. DOI: https:// doi.org/10.1653/0015-4040(2005)88[364:BAEROT]2.0.CO;2.

MARIN, R.; PIZZOLI, G.; LIMBERGER, R.; APEL, M.; ZUANAZZI, J.A.S.; HENRIQUES, A.T. Propriedades nutracêuticas de algumas espécies frutíferas nativas do sul do Brasil. In: RASEIRA, M.C.B.; ANTUNES, L.E.C.; TREVISAN, R.; GONÇALVES, E.D. Espécies frutíferas nativas do sul do Brasil. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2004. p.107-122 (Documentos, 129).

MARTINS, S.; MUSSATTO, S.I.; MARTÍNEZ-AVILA, G.; MONTAÑEZ-SAENZ, J.; AGUILAR, C.N.; TEXEIRA, J.A. Bioactive phenolic compounds: production and extraction by solid-state fermentation. A review. Biotechnology Advances, New York, v.29, n.3, p.365-373, 2011. DOI: https:// doi.org/10.1016/j.biotechadv.2011.01.008.

NOR, S.M.; MOHAMED, S.; SAJILI, M.H; NGAH, N. Ovipositional behaviour preference of oriental fruit fly, Bactrocera dorsalis Hendel (Diptera: Tephritidae) on different host fruits. Journal of Agrobiotechnology, Kuala Lumpur, v.9, p. 173-181, 2018.

NORA, I.; HICKEL, E.R.; PRANDO, H.F. Moscas-das-frutas nos estados brasileiros: Santa Catarina. In: MALAVASI, A.; ZUCCHI, R. A. (Eds). Moscas-das-frutas de importância econômica no Brasil: conhecimento básico e aplicado. Ribeirão Preto: Holos, 2000. p. 271-276.

QUILICI, S.; ATIAMA-NURBEL, T.; BRE`VAULT, T. Plant odors as fruit fly attractants. In: SHELLY, T.; EPSKY, N.; JANG, E.B. (Eds.). Trapping and the detection, control, and regulation of tephritid fruit flies. New York, London: Springer Dordrecht, Heidelberg, 2014. p.119-144.

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria, 2021. URL https://www.R-project.org/.

ROBACKER, D.C.; GARCIA, J.A.; HART, W.G. Attraction of a laboratory strain of Anastrepha ludens (Diptera: Tephritidae) to the odor of fermented chapote fruit and to pheromone in laboratory experiments. Environmental Entomology, College Park, v.19, n.3, p.403-408, 1990. DOI: https:// doi.org/10.1093/ee/19.2.403.

ROCHA, W.S.; LOPES, R.M.; SILVA, D. B.; VIEIRA, R.F.; SILVA, J.P.; AGOSTINI-COSTA, T. da S. Compostos fenólicos totais e taninos condensados em frutas nativas do cerrado. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v.33, n.4, p.1215-1221, 2011. DOI: https:// doi.org/10.1590/S0100-29452011000400021.

SALLES, L.A. Sucos de frutas como atrativos para captura de adultos da mosca-das-frutas Anastrepha fraterculus (Wied.,1830) (Diptera, Tephritidae). Pesquisa Agropecuária Gaúcha, Porto Alegre, v.3, n.1, p.1-4, 1997.

SANTOS, J.P.; REDAELLI, L.R.; SANT’ANA, J.; HICKEL, E.R. Suscetibilidade de genótipos de macieira a Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae) em diferentes condições de infestação. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v.37, n.1, p.90-95, 2015. DOI: https:// doi.org/10.1590/0100-2945-050/14.

SANTOS, J.P.; LACERDA, A.E.B.; ALVES, A.C.; ANSILIERO, A.A. Índices de infestação da mosca-das-frutas sul-americana em frutíferas nativas em Caçador, SC, Brasil. Actas Portuguesas de Horticultura, Lisboa, v.29, n.1, p.86-92, 2018.

SANTOS, J.P. Onde se hospedam. Revista Cultivar HF, Pelotas, v.18, n.122, p. 30-34, 2020.

SILVA, P.S.; AGUIAR-MENEZES, E.L.; MOURA, A.P.; FERRARA, F.A.A. Diversidade e índices de infestação de mosca-das-frutas e seus parasitoides em seis cultivares de café no município de Bom Jesus do Itabapoana, RJ. Vértices, Campo dos Goytacazes, v.13, n.2, p.193-203, 2011. DOI: https:// doi.org/10.5935/1809-2667.20110021.

SUGAYAMA, R.L.; BRANCO, E.S.; MALAVASI, A.; KOVALESKI, A.; NORA, I. Oviposition behavior of Anastrepha fraterculus in apple and diel pattern of activities in an apple orchard in Brazil. Entomologia Experimentalis et Applicata, Dordrecht, v. 83, p. 239-245, 1997. DOI: https:// doi.org/10.1046/j.1570-7458.1997.00178.x.

ZUCCHI, R.A. Taxonomia. In: MALAVASI, A; ZUCCHI, R.A. (Ed.). Moscas-das-frutas de importância econômica no Brasil: conhecimento básico e aplicado. Ribeirão Preto: Holos, 2000. cap. 1, p. 13-24.

Downloads

Publicado

2022-04-19

Como Citar

dos Santos, J. P., Menezes-Netto, A. C. ., Ansiliero, A. A. ., Werner, S. S., & Lins Junior, J. C. (2022). Infestação de moscas-das-frutas e sua relação com os compostos fenólicos de frutos de mirtáceas nativas . Agropecuária Catarinense, 35(1), 43-48. https://doi.org/10.52945/rac.v35i1.1228

Edição

Seção

Artigo Científico

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.