Formas alternativas de processamento e comercialização de moluscos bivalves

Autores

  • Giustino Tribuzi Universidade Federal de Santa Catarina
  • Robson Ventura de Souza Epagri https://orcid.org/0000-0003-0588-0038
  • Felipe Matarazzo Suplicy Epagri
  • Henrry Fernando Diniz Petcov Epagri

Palavras-chave:

Ostras, mexilhões, alimentos, vida útil

Resumo

As formas de apresentação final para comercialização dos moluscos produzidos pelas indústrias de Santa Catarina (SC) são bastante limitadas: ostras são usualmente vendidas vivas com as conchas, resfriadas e mantidas em caixas de isopor com gelo; mexilhões são vendidos cozidos e desconchados, resfriados ou congelados e acondicionados em sacos plásticos. O objetivo deste artigo é expor motivos que justificam a busca por técnicas alternativas de processamento e apresentação de moluscos e apresentar soluções tecnológicas para o beneficiamento dos moluscos utilizadas em outros países. As técnicas abordadas são: atmosfera modificada, congelamento individual rápido, pasteurização em temperaturas moderadas, alta pressão hidrostática, cozimento sous-vide, marinação, entre outras.

Biografia do Autor

Giustino Tribuzi, Universidade Federal de Santa Catarina

Bacharel em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Doutor em Engenharia de Alimentos, Professor de Tecnologia de Pescado e Derivados na Universidade Federal de Santa Catarina/Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos

Robson Ventura de Souza, Epagri

Médico Veterinário, Mestre em Ciências Veterinárias, Doutor em Aquicultura, Pesquisador do Centro de Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca da Epagri

Felipe Matarazzo Suplicy, Epagri

Biólogo, Mestre e Doutor em Aquicultura, Pesquisador do Centro de Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca da Epagri

Henrry Fernando Diniz Petcov, Epagri

Engenheiro de Alimentos, Extensionista da Gerência Regional de Florianópolis da Epagri

Referências

ANDREWS, L.S.; PARK, D.L.; CHEN, Y.-P. Low temperature pasteurization to reduce the risk of vibrio infections from raw shell-stock oysters. Food Additives & Contaminants, 17.9, p.787-791, 2000.

BERNÁRDEZ, M.; PASTORIZA, L. Quality of live packaged mussels during storage as a function of size and oxygen concentration. Food Control, v. 22, n. 2, p. 257-265, 2011.

BONGIORNO, T.; TULLI, F.; COMI, G.; SENSIDONI, A.; ANDYANTO, D.; IACUMIN, L. Sous vide cook-chill mussel (Mytilus galloprovincialis): evaluation of chemical, microbiological and sensory quality during chilled storage (3°C). LWT, v.91, p.117-124, 2018.

EPAGRI/CEPA. Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina. Florianópolis, v.1, 2018, 204p.

GOMES, C.H.A.M. Ciclo reprodutivo da ostra Crassostrea brasiliana (Lamarck, 1819) em cultivo e maturação em laboratório. 2009. 57f. Dissertação (Mestrado em Aquicultura) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2009.

MURCHIE L.W.; CRUZ-ROMERO, M.; KERRY, J.P.; LINTON, M.; PATTERSON, M.F.; SMIDDY, M.; KELLY, A.L. High pressure processing of shellfish: A review of microbiological and other quality aspects, Innovative Food Science & Emerging Technologies, v.6, n.3, p.257-270. 2005.

RUPP, G.S.; ZANETTE, G.B.; BERTCH, M. Oyster culture (Crassostrea gigas) in Santa Catarina (Brazil): growth, survival and environmental influences - i. Winter/spring/summer. In: World Aquaculture 2011, 2011, Natal, RN. Abstracts World Aquaculture 2011, p. 976-976. 2011.

TRIBUZI, G.; SCHMIDT, F.C.; LAURINDO, J.B. Operational diagrams for salting-marination processes and quality of cooked mussels. LWT - Food Science and Technology, v.59, p.746-753, 2014.

SANTOS, A.A. Potencial de cultivo da macroalga Kappaphycus alvarezii no litoral de Santa Catarina. 2014. 151f. Tese (Doutorado em Aquicultura) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2014.

SOUZA, R.V., PETCOV R.F.D., NOVAES A.L.T. O Programa Nacional de Controle Higiênico-Sanitário de Moluscos Bivalves e os caminhos para a regularização. Agropecuária Catarinense, Florianópolis, v.28, n.1, p.44-47, 2015.

TRIBUZI; G.; ARAGÃO, G.M.F.; LAURINDO, J.B. Processing of chopped mussel meat in retort pouch. Food Science and Technology, Campinas, v.35, p.612-619, 2015.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

Tribuzi, G., Ventura de Souza, R., Matarazzo Suplicy, F., & Fernando Diniz Petcov, H. (2020). Formas alternativas de processamento e comercialização de moluscos bivalves. Agropecuária Catarinense, 33(3), 25-28. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/RAC/article/view/495

Edição

Seção

Informativo Técnico