Índices de maturação para o ponto ideal de colheita de maçãs ‘SCS425 Luiza’

Autores

  • Fernanda Pelizzari Magrin Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV
  • Luiz Carlos Argenta Epagri / Estação Experimental de Caçador
  • Cassandro Vidal Talamini do Amarante Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV
  • Aquidauana Miqueloto Universidade Estadual do Tocantins - UNITINS
  • Maraisa Crestani Hawerroth Epagri / Estação Experimental de Caçador
  • Charle Kramer Borges de Macedo Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV
  • Frederico Denardi Funcionário aposentado da Epagri / Estação Experimental de Caçador
  • Marcus Vinicius Kvitschal Epagri / Estação Experimental de Caçador

Palavras-chave:

Malus domestica Borkh., fruto, armazenamento em atmosfera controlada, qualidade, análise sensorial.

Resumo

Esse estudo foi conduzido para determinar os índices de maturação de maçãs ‘SCS425 Luiza’ para o ponto ideal de colheita. As maçãs foram colhidas semanalmente, de 121 a 153 dias após a plena floração (DAPF) e analisadas um dia após a colheita e após sete meses de armazenagem em AC. Considerando a aparência, o período ideal de colheita (PIC) das maçãs destinadas ao consumo imediato ocorreu entre 138 e 153 DAPF. O aumento acentuado da produção de etileno dos frutos a partir de 127 DAPF indicou que eles devem ser colhidos até essa data se destinados a longos períodos de armazenagem. No entanto, para colher ao menos 50% de maçãs com cor vermelha equivalente a Categoria 1, o PIC deve ser a partir de 127 DAPF. O PIC dos frutos não pode se estender além de 138 DAPF para que a incidência de escurecimento da polpa e podridões durante a armazenagem seja mínima. Máxima qualidade sensorial das maçãs após a armazenagem ocorreu quando colhidas entre 121 e 131 DAPF. Considerando que o PIC das maçãs ‘SCS425 Luiza’ destinadas à armazenagem em AC por sete meses esteja entre 121 e 131 DAPF, os índices de maturação destes frutos foram: 17,0 a 18,2 lb para a firmeza de polpa; 10,6 a 12,3% para o teor de sólidos solúveis; 0,272 a 0,310% para a acidez titulável; 1,8 a 7,0 para o índice de amido. 

Downloads

Publicado

2017-12-07

Como Citar

Magrin, F. P., Argenta, L. C., do Amarante, C. V. T., Miqueloto, A., Hawerroth, M. C., de Macedo, C. K. B., Denardi, F., & Kvitschal, M. V. (2017). Índices de maturação para o ponto ideal de colheita de maçãs ‘SCS425 Luiza’. Agropecuária Catarinense, 30(3), 55-60. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/102

Edição

Seção

Artigo Científico