Colonização micorrízica de videiras cultivadas em sistemas orgânico e convencional no estado de Santa Catarina

Autores

  • Jean Carlos Bettoni
  • Murilo Dalla Costa Epagri / Estação Experimental de Lages
  • Remi Natalim Dambrós Epagri / Estação Experimental de Videira (aposentado)
  • Valter Antônio Becegato Departamento de Engenharia Ambiental, Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, SC
  • Juliana Aparecida Souza

DOI:

https://doi.org/10.52945/rac.v29i1.310

Palavras-chave:

fungos micorrízicos arbusculares, viticultura, indicadores de qualidade do solo

Resumo

Resumo – Indicadores microbiológicos são utilizados para avaliação da qualidade do solo e comparação de formas de manejo
em sistemas de produção agrícolas. O objetivo do trabalho foi avaliar colonização micorrízica de videiras em sistemas de
produção com manejo orgânico e convencional nos municípios de Tangará e Videira, SC. Foram avaliadas taxas de colonização
micorrízica e densidade de esporos de fungos micorrízicos no solo. Nos sistemas orgânicos, em relação aos sistemas convencionais,
foram constatados aumentos na taxa de micorrização do córtex radicular e na densidade de esporos de fungos micorrízicos
arbusculares no solo. Os resultados sugerem que variáveis associadas à colonização micorrízica podem ser utilizadas como
indicadores microbiológicos para avaliação da qualidade do solo em vinhedos.

 

Biografia do Autor

Jean Carlos Bettoni

Engenheiro-agrônomo, Esp. MSc., Avenida Luiz de Camões 2090, Bairro Conta Dinheiro, 88520-000 Lages, SC

Murilo Dalla Costa, Epagri / Estação Experimental de Lages

Engenheiro-agrônomo, Dr., Epagri / Estação Experimental de Lages

Remi Natalim Dambrós, Epagri / Estação Experimental de Videira (aposentado)

Engenheiro-agrônomo, M.Sc., Epagri / Estação Experimental de Videira (Aposentado).

Valter Antônio Becegato, Departamento de Engenharia Ambiental, Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, SC

Engenheiro-agrônomo, Dr., professor do Departamento de Engenharia Ambiental, Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, SC

Juliana Aparecida Souza

Bióloga, Lages, SC

Downloads

Publicado

2022-12-23

Como Citar

Bettoni, J. C., Costa, M. D., Dambrós, R. N., Becegato, V. A., & Souza, J. A. (2022). Colonização micorrízica de videiras cultivadas em sistemas orgânico e convencional no estado de Santa Catarina. Agropecuária Catarinense, 29(1), 45-48. https://doi.org/10.52945/rac.v29i1.310

Edição

Seção

Nota Científica