Agronegócio, a força que move Santa Catarina

Autores

  • Ricardo de Gouvêa Secretaria da Agricultura do Estado de Santa Catarina

Resumo

Santa Catarina tem uma vocação: produzir alimentos de qualidade. Nosso estado conta com 498 mil produtores rurais e 25 mil pescadores distribuídos desde o litoral até o extremo oeste. Desse total, 84% são agricultores familiares. São eles que, em parceria com o setor privado e com o Governo do Estado, colocaram o agronegócio como responsável por 70% das exportações catarinenses no primeiro semestre de 2019 e por 30% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. Os esforços da secretaria de agricultura, pesca e desenvolvimento rural e suas empresas associadas estão focados em novos cultivares, controles de sanidade, aumento da produtividade, apoio à comercialização, inovação e valorização da produção local. Nesse artigo de opinião se demonstra a força do agronegócio catarinense e as novas estratégias da secretaria no fomento das atividades do meio rural e pesqueiro.

Biografia do Autor

Ricardo de Gouvêa, Secretaria da Agricultura do Estado de Santa Catarina

Formado em Psicologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras no ano de 1982, Bacharel em Direito na Pontifícia Universidade Católica do Paraná em 1986, Mestre em Direito Processual Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina no ano de 1989 e MBA em Direito Tributário pela Fundação Getúlio Vargas em 2006 e Pós Graduação em Desenvolvimento Gerencial.

Downloads

Publicado

2019-10-03

Como Citar

Gouvêa, R. de. (2019). Agronegócio, a força que move Santa Catarina. Agropecuária Catarinense, 32(3), 15-16. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/526

Edição

Seção

Conjuntura

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.