Desempenho produtivo de cultivares de morango no Oeste de Santa Catarina

Autores

  • Luiz Augusto Ferreira Verona Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Cepaf)
  • Eduardo Cesar Brugnara Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Cepaf)
  • Cristiano Nunes Nesi Epagri/Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Cepaf)
  • Rogério Grossi
  • Luiz Eduardo Corrêa Antunes Embrapa Clima Temperado

Palavras-chave:

Fragaria x ananassa, praga, doença, rendimento

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho produtivo de quatro cultivares de morangueiro e a sanidade das frutas em sistema de produção de transição para agroecológico. O experimento foi executado no município de Chapecó, na Região Oeste de Santa Catarina. Foram avaliados os cultivares Albion, Camarosa, Camino Real e Toyonoca.
O sistema de produção utilizado foi o cultivo protegido em túneis baixos com adubação orgânica e retirada de tecidos com sintomas de doenças. Foram avaliados o rendimento total (RT), de frutas comerciais (RFC), de frutas com ataque de pragas (RFP), de frutas com doenças (RFD), e suas proporções, além da distribuição da produção ao longo do tempo. O
cultivar Camarosa superou Albion em RT e RFC, e Toyonoca apenas em RFC. Toyonoca apresentou maior proporção de frutas atacadas por pragas que os demais cultivares. O cultivar Camarosa apresentou pico de produção mais precoce que os outros cultivares. Entre os cultivares testados, Camarosa e Camino Real apresentaram melhor desempenho,
podendo ser utilizados para escalonar a colheita, no sistema de produção considerado.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

Verona, L. A. F., Brugnara, E. C., Nesi, C. N., Grossi, R., & Antunes, L. E. C. (2020). Desempenho produtivo de cultivares de morango no Oeste de Santa Catarina. Agropecuária Catarinense, 24(2), 82-85. Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/rac/article/view/696

Edição

Seção

Nota Científica